PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINHAS em MONTES CLAROS

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google
Inicio » Montes Claros » Menina de dois anos morre após ser picada por um escorpião em Montes Claros

Menina de dois anos morre após ser picada por um escorpião em Montes Claros

Menina de dois anos morre após ser picada por um escorpião em Montes Claros

Na madrugada de hoje (05/207/2018), uma criança de dois anos de idade, morreu no hospital após ser picada por um escorpião em Montes Claros. A criança foi levada pela família a dois hospitais da cidade. 

Menina de dois anos morre após ser picada por um escorpião em Montes Claros
Menina de dois anos morre após ser picada por um escorpião em Montes Claros

 

De acordo com as informações os familiares levaram a menina até o hospital Alpheu de Quadros, onde não pudo ser atendida por falta de soro antiescorpiônico, e os familiares foram orientado a levar a criança até o hospital de referencia contra picadas de animais peçonhentos, o HU.

De acordo com as informações do Hospital Universitário, a menina chegou ao Pronto-socorro em estado grave, cerca de três horas após ser picada pelo escorpião no bairro Vila Telma.

A paciente recebeu toda assistência adequada, inclusive com administração de soro antiescorpiônico, mas não resistiu e morreu.

Em Montes Claros  vem sendo notificados um crescente número de acidentes com escorpião nos últimos meses.

A picada de escorpião é um assunto pouco falado, mas é muito importante entendermos o que acontece para que em caso de acidentes possamos tomar as medidas adequadas.

Os escorpiões são pouco agressivos e possuem hábito noturno. Se alimentam principalmente de insetos, baratas e grilos. Durante o dia ficam escondidos sob telhas, latas de lixo, entulhos, pedras, tijolos. Quando se sentem ameaçados inoculam veneno, que está presente na última porção de sua cauda. Existem várias espécies, as de maior importância médica são os do gênero Tityus, que inclui o escorpião marrom e o amarelo.

Após a picada e inoculação do veneno, o veneno pode agir apenas no local ou provocar manifestações por todo o corpo.

As manifestações são mais intensas quanto maior a quantidade de veneno inoculado e quanto menor o tamanho do indivíduo. Assim, em crianças, especialmente as pequenas, o acidente é potencialmente mais grave.

Podemos dividir os acidentes por escorpião em dois tipos:

Acidentes leves: A criança apresenta apenas dor no local da picada. A dor pode ser como agulhadas ou em queimação e pode se irradiar para o resto do membro. No local da picada pode não haver sinal da picada ou apenas leve vermelhidão. Pode acontecer sudorese e piloereção apenas no local da picada.

Acidentes moderados a graves: São os casos em que, além da dor no local da picada, ocorrem outras manifestações pelo corpo.

Podem acontecer:
?Febre ou hipotermia
?Náuseas e vômitos
? Aumento da salivação
?Muito suor por todo corpo
? Dor abdominal e diarréia
?Coração mais acelerado ou batendo mais fraco
?Arritmias
? Pressão arterial mais baixa
? Confusão, sonolência, tremores, agitação

O tratamento vai depender das manifestações clínicas. Nos quadros mais leves de dor, em que há melhora da dor com analgésico, não há necessidade de soro antiescorpiônico. Nos casos de dor intensa ou de aparecimento das manifestações acima, haverá necessidade de soro antiescorpiônico e observação no hospital.

Nos casos de picada de escorpião você deve procurar imediatamente o hospital adequado, no caso de Montes Claros é o Hospital Universitário Clemente de Faria, que ele tem todos os soros para picadas de animais peçonhentos da região.

Caso consiga capturar (com segurança) o escorpião (vivo ou morto), leve-o ao hospital para que a equipe possa avaliar qual a espécie.

No hospital o pediatra poderá avaliar seu filho e dizer se trata-se de um acidente leve ou não e se haverá necessidade do uso do soro antiescorpiônico.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *