Vaga no Bolso

Inicio » Mais Seções » Saúde » Saiba o que é a síndrome de Guillain-Barré, que acomete personagem Rochelle

Saiba o que é a síndrome de Guillain-Barré, que acomete personagem Rochelle

Após ser expulsa de casa por Roberval (Fabricio Boliveira), Rochelle (Giovanna Lancellotti) se machucou após cair sobre uma mesa na novela Segundo Sol, exibida no horário das 21h, na Rede Globo.

Após se machucar e fazer uma bateria de exames, Rochelle descobre que ela tem a síndrome de Guillain-Barré
Após se machucar e fazer uma bateria de exames, Rochelle descobre que ela tem a síndrome de Guillain-Barré

 

Após ser levada para o hospital e fazer uma bateria de exames, a persongem descobre que ela tem a síndrome de Guillain-Barré. Mas, afinal, que doença é essa?

A doença é provocada pelo próprio organismo, que passa a atacar o sistema nervoso, causando paralisa e até a morte. Ela está ligada a uma infecção viral ou bacteriana anterior, e a suspeita é que o zika vírus tenha uma predisposição maior para causar Guillain-Barré. Especialistas acreditam que esse seja, inclusive, o motivo para o crescimento dos casos, considerado alarmante.

Desenvolvimento. A Síndrome de Guillain-Barré se desenvolve após os anticorpos atacarem as bainhas que envolvem os nervos, provocando uma inflamação. Quando essa estrutura começa a ser danificada, as transmissões dos nervos ficam mais lentas e começam os primeiros sintomas.

Diagnóstico. A síndrome provoca, inicialmente, dormência nas extremidades de mãos e pés. Em seguida, evolui para toda a extensão do braço. A dormência pode se transformar em dificuldade para se movimentar. Se a inflamação atingir os músculos, pode gerar atrofia de forma permanente.

Complicações. A tendência é que a síndrome atinja seu auge após 20 dias. A partir daí, a inflamação regride, e o paciente recupera os movimentos. Porém, se a doença avançar até o sistema respiratório, pode causar parada respiratória e demorar mais de um ano para o paciente voltar a respirar sozinho.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *