OI TOTAL COM FIBRA
Inicio » Mais Seções » Tecnologia » Hotel no Japão tem dinossauros robôs como recepcionistas

Hotel no Japão tem dinossauros robôs como recepcionistas

Hotel no Japão tem dinossauros robôs como recepcionistas

Um hotel no subúrbio de Tóquio tem uma recepção tranquila e aparentemente vazia, mas quando o visitante se aproxima é recebido por uma voz grave e metálica.

Hotel no Japão tem dinossauros robôs como recepcionistas
Hotel no Japão tem dinossauros robôs como recepcionistas

 

Dois robôs em forma de dinossauro, com o tradicional quepe, aparecem, alertados por um detector de movimentos, e convidam o cliente a fazer o check in em um monitor.

A interação é muito limitada e o objetivo é sobretudo lúdico no estabelecimento, oportunamente chamado Henn na, literalmente “Raro”, onde os peixes do aquário também são robôs, ou melhor, pequenos artefatos articulados cobertos por luzes intermitentes. “Não queremos um hotel apenas para dormir, queremos divertir”, afirma o gerente Yukio Nagai.

Localizado no município de Chiba, perto da ‘Tokyo Disneyland’, o hotel tem diária de 130 euros e atrai muitas famílias com crianças, em busca de diversão após o fechamento do parque. O primeiro hotel Henn na, reconhecido pelo livro Guinness como o primeiro hotel do mundo administrado por robôs, foi inaugurado em 2015 ao lado de um parque de atrações de Nagasaki, sudoeste do Japão.

A rede tem oito estabelecimentos atualmente, todos administrados pela agência de viagens HIS, que prevê abrir ouros cinco em breve.

 

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *