NordVPN - A melhor oferta de VPN

Vaga no Bolso

Inicio » Montes Claros » Prefeito de Montes Claros faz obra em rua onde possui vários lotes e rádio

Prefeito de Montes Claros faz obra em rua onde possui vários lotes e rádio

Prefeito de Montes Claros faz obra em rua onde possui vários lotes e rádio

Informação publicada no “Diário Oficial de Montes Claros”, no último dia 12, sobre a abertura de licitação para execução de obras de drenagem pluvial, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Planejamento Urbano, no bairro Vila Brasília, revolta a população.

REDUTO DO PREFEITO - Rua que será beneficiada com obras para drenagem de águas da chuva
REDUTO DO PREFEITO – Rua que será beneficiada com obras para drenagem de águas da chuva

 

Moradores acusam o prefeito de Montes Claros, Humberto Souto (PPS), de realizar as intervenções para benefício próprio e da família na rua Professor Monteiro Fonseca, onde seriam proprietários de terrenos e onde também está localizada a sede de emissora de rádio de propriedade do chefe do Executivo.

O fato foi denunciado por um cidadão que, temendo retaliações, se identificou para a reportagem apenas com as iniciais H.L..

“A questão é complexa e soa estranha a atitude, já que beneficia diretamente o prefeito. É claro que precisamos de melhorias. Quando chove, a rua alaga, mas há outros lugares prioritários. Nosso bairro é asfaltado e há menos urgência”, disse H.L., lembrando que o prefeito deveria cuidar do restante da cidade e não trabalhar apenas para levar benefícios.

A publicação da proposta de licitação gerou críticas entre outros moradores. Caso do consultor de empresas Gilberto Alberconi, que se mudou de São Paulo para o bairro Brasília, em Montes Claros. “Penso de uma maneira mais coletiva e considero a escolha do local para realização das obras um descaso com as outras regiões da cidade.

“Onde as pessoas têm melhor situação, a cidade é bem cuidada, porque eles mesmos fazem as melhorias, só que as regiões carentes estão abandonadas. Temos dificuldades aqui, mas com essa atitude a gente vê como ele está agindo. Só querem arrumar onde é beneficiado. Está errado isso”.

Gilberto, que já morou em outras cidades e na Argentina, diz perceber em Montes Claros fragilidades da administração. Com o intuito de ajudar, conta que esteve na prefeitura para dar sugestões, que não teriam sido bem recebidas.

“Montes Claros é uma cidade boa, mas muito malcuidada. A prefeitura deveria obrigar os donos de lotes a ter a calçada, manter os lotes limpos e um murinho com ao menos quatro blocos na frente. Isso é que é o normal em qualquer lugar”, compara.

A notícia também teve repercussão negativa na Câmara Municipal. Vereadores alegam que, ao anunciar abertura de licitação para a obra no Vila Brasília, o Executivo deixa outras regiões mais necessitadas de intervenções à espera de melhorias.

“Continuamos na mesma situação. O município fala em licitação, mas não temos nenhuma previsão. A gente espera a chuva com felicidade, mas ao primeiro pingo todos já ficam preocupados, pois não temos até hoje uma solução para um grande problema de alagamento que temos na avenida Cem”, diz o vereador Ailton do Village (PHS).

O vereador Valcir também demonstrou indignação. “Por que o prefeito deixa a cidade parada e quando a obra é na casa dele vira questão de urgência? Eu gostaria que tivesse essa mesma urgência para resolver os problemas do Centro de Órtese e Prótese. Ao invés de resolver a situação o que ele fez foi burocratizar de tal maneira que o deficiente não consegue mais chegar ao centro”, lamentou o vereador.

A reportagem tentou falar com o secretário de Infraestrutura, Guilherme Guimarães, sobre as queixas dos moradores, mas as ligações da reportagem não foram atendidas.

Por Márcia Vieira do Jornal ONORTE

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não ás pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *