NordVPN - A melhor oferta de VPN

Vaga no Bolso

Inicio » Nacional » Polícia Federal cumpre mandados em imóveis de Aécio Neves

Polícia Federal cumpre mandados em imóveis de Aécio Neves

Polícia Federal cumpre mandados em imóveis de Aécio Neves

Polícia Federal cumpre mandados em imóveis de Aécio Neves

 

Agentes da Polícia Federal deixaram o apartamento do senador Aécio Neves (PSDB) sem falar com a imprensa na manhã desta terça-feira (11). Os policiais saíram do prédio, no bairro Anchieta, região Centro-Sul de Belo Horizonte, portando bolsas com documentos. Eles deixaram o local em três carros descaracterizados.

Além do imóvel em Belo Horizonte, a Polícia Federal também cumpriu mandados de busca e apreensão na residência do senador na Avenida Vieira Souto, em Ipanema, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Equipes também estiveram na casa da irmã do senador, Andréa Neves, em Copacabana.

Aécio é alvo da operação Ross, que investiga o recebimento de vantagens indevidas entre os anos de 2014 e 2017, pelo grupo JBS, que teria efetuado o pagamento de quase R$ 110 milhões ao senador, inclusive para fins da campanha presidencial de 2014.

São investigados três senadores – Aécio Neves (PSDB), Antônio Anastasia (PSBD), e Agripino Maia (DEM) – e três deputados – Cristiane Brasil (PTB), Benito da Gama (PTB), Paulinho da Força (Solidariedade).

Os mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nos imóveis de Aécio e de Paulinho da Força. O Supremo Tribunal Federal (STF) não autorizou cumprimento de mandados nos endereços dos outros políticos investigados.

Aproximadamente 200 policiais federais dão cumprimento a 24 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, e realizam 48 intimações para oitivas. As medidas estão sendo cumpridas em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Amapá e no Distrito Federal.

São investigados os crimes de corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Em nota, a defesa do senador Aécio Neves diz que a medida é “desnecessária” e que o senador é “o maior interessado no esclarecimento de todos os fatos”.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não ás pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *