Vaga no Bolso

Inicio » Esporte » Campeonato Mineiro » Campeonato Mineiro – América x Cruzeiro: clássico termina empatado, e Galo segue líder

Campeonato Mineiro – América x Cruzeiro: clássico termina empatado, e Galo segue líder

Campeonato Mineiro – América x Cruzeiro: clássico termina empatado, e Galo segue líder

Era o duelo dos invictos, a partida que poderia determinar o líder do Campeonato Mineiro. No entanto, o confronto direto no Horto acabou mesmo em um empate amargo por 0 a 0.

América x Cruzeiro: clássico termina empatado
América x Cruzeiro: clássico termina empatado

 

As oportunidades foram escassas em um jogo de enredo chato. Briga por espaço e muita disposição não faltaram. Mas aquele passe mais refinado e o arremate preciso passaram distante do Horto em um jogo debaixo de muita chuva. O pé d’água chegou a ameaçar a realização do confronto, mas o Independência resistiu ao temporal. Resultado final que agradou mesmo ao Atlético, rival de América e Cruzeiro, agora líder do Mineiro, com 16 pontos. Por ter dois gols a mais de saldo, o Coelho é o segundo, enquanto o Cruzeiro vem na terceira posição.

Atuação do árbitro

O árbitro Ronei Cândido Alves apareceu de forma muito marcante no jogo. Seja pelos gestos expressivos, aquela atuação performática, e também pela marcação em cima das faltas, o dono do apito deixou americanos e cruzeirenses um tanto quanto contrariados pela quantidade de infrações sinalizadas. O jogo parecia não fluir. Ele ainda teve que lidar com a chuva, decidindo pelo adiamento do início do jogo por conta das condições do gramado do Independência.

Destaque do jogo

Com performances individuais e coletivas bastante apagadas, podemos dizer que o grande destaque da noite no Independência foi a drenagem do Horto. A partida, marcada para 17h, começou com 30 minutos de atraso por conta de um temporada na capital mineira. A chuva persistiu durante todo o jogo, mas a drenagem do Independência se sobressaiu, proporcionando a realização do compromisso sem maiores intercorrências.

Comportamento da torcida

A chuva tinha tudo para dar uma esfriada no torcedor, mas americanos e cruzeirenses travaram uma verdadeira batalha de vozes. Frente a um jogo amarrado e, por vezes, chato, principalmente na segunda etapa, o torcedor suportou o clima, a falta de inspiração e fez valer a sua voz.

Polêmica

O jogo não teve lances de muita discussão, mas chama a atenção a quantidade de cartões distribuídos. Foram dez amarelos, número que dá mostra na pisada de freio que a arbitragem impôs no confronto.

Próximo adversário

O América volta a campo pelo Campeonato Mineiro no domingo, quando encara o Boa Esporte, em Varginha, às 17h. No mesmo dia, o Cruzeiro vai até Patos de Minas para pegar a URT, no Zama Maciel, às 19h.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não ás pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *