Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Economia » Por que escolher uma fintech de empréstimo?

Por que escolher uma fintech de empréstimo?

Por que escolher uma fintech de empréstimo?

O empréstimo com garantia de imóvel é uma das opções para aqueles na busca por crédito para quitar dívidas, investir em seu negócio ou realizar algum sonho.

Por que escolher uma fintech de empréstimo?

 

Nesta modalidade, também conhecida como refinanciamento imobiliário, sua casa, apartamento ou comércio são utilizados como garantia de pagamento para que a empresa de crédito possa emprestar o dinheiro.

Esta é uma opção para conseguir crédito que, de forma similar ao que acontece com o empréstimo com garantia de veículo, exige que o bem utilizado como garantia esteja quitado, além de ser uma forma de encontrar taxas de juros mais baixas, já que a operação envolve um bem de alto valor como garantia para a instituição.

Com a popularização dos serviços de crédito, em especial, no setor de imóveis, diversas empresas — bancos, fintechs e outros negócios de financiamento — estão investindo de forma contínua neste segmento.

Neste artigo, entenda o que é um empréstimo com garantia de imóvel, como empresas oferecem este serviço e o porquê de escolher uma fintech de empréstimo para sua busca por crédito ser a melhor opção!

Quando o empréstimo com garantia de imóvel é recomendado?

Este tipo de empréstimo é recomendado para aqueles que desejam quitar suas dívidas ou investir em seu negócio utilizando crédito com juros mais baixos e um prazo elevado para o pagamento.

Quais as vantagens que um empréstimo com garantia de imóvel proporciona?

Além dos já citados juros baixos e prazo estendido de pagamento, uma de suas vantagens é que, apesar de utilizar sua casa como garantia, não é necessário vender ou sair do imóvel para que a liberação dos valores aconteça.

Na maioria dos serviços, o empréstimo com garantia de imóvel está disponível para pessoas físicas e jurídicas e também são aceitos imóveis residenciais ou comerciais para realizar esta operação.

Por que este tipo de refinanciamento só se popularizou recentemente?

O crédito com garantia de imóvel era pouco conhecido no Brasil até meados de 2017, quando fintechs se popularizaram no país e começaram a concorrer com os bancos, até então, únicas opções de serviços financeiros para os clientes. Por este motivo, estas instituições tradicionais aplicavam altas taxas, já que não havia concorrência.

Este tipo de operação não era divulgada pelo simples fato de existirem serviços bem mais vantajosos para as corporações financeiras envolvidas, com maiores taxas, juros e o famoso spread.

Com o surgimento e desenvolvimento rápido de startups de diversos segmentos no país, começaram a surgir também empresas voltadas a finanças inspiradas nestas startups. Para estas, demos o nome de “fintech”.

O que é uma fintech?

A palavra “fintech” tem sua origem na junção entre os termos em inglês “financial” (finanças) e “technology” (tecnologia). Estas empresas investem em tecnologia intensiva e escalabilidade para inovar o setor financeiro, que passou por grandes transformações nas últimas décadas e não perde este ritmo acelerado de inovação.

Quais as diferenças entre uma fintech e um banco?

Além investir em tecnologia, um dos pilares das fintechs e que difere os serviços desta para um banco é o objetivo de servir como alternativa justa, simples e democratizadora de serviços para a população.

Ao utilizar tecnologia de ponta para oferecer serviços financeiros de forma inovadora e fora do convencional, a burocracia é diminuída e o cliente atinge seu objetivo muito mais rápido.

O que é uma fintech de empréstimos?

Uma fintech de empréstimo oferece a opção mais tecnológica e simples de realizar um empréstimo, já que utilizam softwares avançados para análise de crédito e, no caso de empréstimos para negócios, avaliam a saúde financeira do negócio para oferecer o serviço.

A aprovação do crédito deixa de ser uma simples análise no SPC, por exemplo, e passa por um aprofundamento muito maior, possibilitando o acesso de pessoas e negócios que antes seriam barrados em avaliações convencionais.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *