NordVPN 75% OFF
Inicio » Arruda » Coluna da Jerusia Arruda – Recuo

Coluna da Jerusia Arruda – Recuo

Coluna da Jerusia Arruda – Recuo

RECUO

Um dia após cancelar a avaliação federal de alfabetização, o MEC revogou a medida, em novo recuo de Ricardo Vélez Rodríguez. O episódio culminou na demissão do presidente do Inep, Marcus Vinicius Rodrigues. 

FORÇA NACIONAL EM BELO MONTE

O Ministro Sergio Moro autorizou a prorrogação por 360 dias do uso da Força Nacional para a hidrelétrica de Belo Monte no Pará. A medida visa a manutenção da ordem pública, nos locais em que se desenvolvem as obras. A autorização tem sido renovada por várias ocasiões pelo governo federal desde 2013, em meio a frequentes protestos da população local e indígenas. 

COMEMORAÇÕES DO GOLPE DE 1964

A Defensoria Pública da União pediu que a Justiça em Brasília proíba o governo federal de realizar quaisquer comemorações sobre o golpe militar de 1964. Também quer impedir a União de efetuar qualquer gasto público para esta finalidade sob pena de multa. Na última segunda-feira, o presidente Jair Bolsonaro determinou ao Ministério da Defesa que faça as comemorações devidas pelos 55 anos do golpe que deu início a uma ditadura militar no país. O Ministério Público Federal afirmou que comemorar o golpe de Estado de 1964 representa uma enorme gravidade e pode caracterizar ato de improbidade administrativa. 

PEC DO ORÇAMENTO

A Câmara aprovou na noite de terça-feira (26) em votação relâmpago uma proposta de emenda à Constituição que obriga a execução de emendas coletivas, o chamado Orçamento impositivo. O texto segue agora para o Senado. A votação é vista como um duro golpe no Executivo e uma retaliação à forma como o governo vem tratando os parlamentares. A PEC foi apresentada em fevereiro de 2015 pelo deputado Hélio Reis (DEM-PA) e teve o apoio do próprio Bolsonaro, que na época era deputado, e de seu filho mais novo e deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). 

COMUNICAÇÃO OFICIAL

O presidente Jair Bolsonaro decidiu mudar o comando da Secretaria de Comunicação da Presidência da República, para ajustar os ruídos que vem marcado a comunicação do palácio do Planalto desde que o inicio do novo governo. O atual titular do posto, Floriano Amorim, deixará o cargo e Fábio Wajngarten, especialista em comunicação, deve ser anunciado. 

DITADURA MILITAR

A poucos dias da efeméride dos 55 anos do golpe militar, a ministra Damares Alves anunciou que negou 265 pedidos de reconhecimento de anistiados políticos. Ela disse que fará uma auditoria em reparações às vítimas.

 

 

Jerusia Arruda
Jerusia Arruda

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *