FENICS 2019 - ACI

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google

Inicio » Mais Seções » Entretenimento » TV – Série ‘Special’, da Netflix, tem protagonista gay e com paralisia cerebral

TV – Série ‘Special’, da Netflix, tem protagonista gay e com paralisia cerebral

TV – Série ‘Special’, da Netflix, tem protagonista gay e com paralisia cerebral

Impossível não simpatizar imediatamente com Ryan, de “Special”, série que a Netflix estreou recentemente. Autobiográfica, a atração criada e protagonizada por Ryan O’Connell, que tem paralisia cerebral, tem um início divertido e lida com estereótipos sem ser politicamente correta – como não costumam ser as comédias –, mas levando esses preconceitos para outro lugar na percepção do espectador. Em oito episódios curtinhos, com cerca de 15 minutos cada um, “Special” mostra Ryan em seu novo emprego como estagiário: a redação de um site que valoriza as matérias do tipo “caça-cliques”, principalmente aquelas que trazem histórias bem pessoais. 

Ryan O'Connell é o protagonista, criador e roteirista de 'Special'
Ryan O’Connell é o protagonista, criador e roteirista de ‘Special’

 

Ryan chega ao trabalho, e todos acham que sua dificuldade de movimentos foi causada por um atropelamento. Ninguém percebe a doença, e ele decide ocultar isso de seus colegas, todos eles vítimas de julgamentos e pressões sociais por conta de suas aparências ou estilos de vida.

Além de ter deficiência, Ryan também é gay. A série mostra de forma muito íntima essa questão da vida do protagonista e leva o público a vivenciar todas as dificuldades de Ryan no campo sexual com diversão e sensibilidade. “Special” é inteira assim. Vale a pena maratonar os oito capítulos e aguardar pela provável segunda temporada, com capítulos mais longos.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *