FENICS 2019 - ACI

Inicio » Minas Gerais » Belo Horizonte » MG – Mulher descobre que filhas de 4 e 6 anos foram estupradas pelo companheiro ao mexer no celular dele

MG – Mulher descobre que filhas de 4 e 6 anos foram estupradas pelo companheiro ao mexer no celular dele

MG – Mulher descobre que filhas de 4 e 6 anos foram estupradas pelo companheiro ao mexer no celular dele

MG – O ato de pegar o celular do companheiro para mexer enquanto ele dormia levou uma mulher de 29 anos a descobrir que suas duas filhas, de 4 e 6 anos, eram estupradas por ele. Os abusos foram descobertos na noite dessa segunda-feira (3), no bairro Durval de Barros, em Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A mãe acionou a polícia, que prendeu o suspeito, também de 29 anos, enquanto ainda dormia. 

MG - Mulher descobre que filhas de 4 e 6 anos foram estupradas pelo companheiro ao mexer no celular dele
MG – Mulher descobre que filhas de 4 e 6 anos foram estupradas pelo companheiro ao mexer no celular dele

 

Conforme a Polícia Militar (PM), a princípio a mãe descobriu o abuso contra a menina mais velha, após encontrar fotos dela nua e sendo tocada no órgão sexual pelo suspeito.

Quando o homem foi acordado pelos policiais, ele acabou confessando ter tocado a criança, alegando não saber o porquê de ter feito isso e que os estupros não teriam ocorrido em outras ocasiões anteriores. O celular onde estavam as imagens e uma peça íntima da menina foram recolhidas e passarão por perícia.

A mulher foi levada juntamente com as filhas para o Hospital Municipal de Ibirité, onde foi confirmado o estupro na menina de 6 anos, uma vez que havia sinais de escoriações, odor fétido e inflamação na vagina. Diante da situação, os médicos resolveram examinar também a menina mais nova, sendo verificada vermelhidão na região vaginal.

O exame de HIV foi feito nas duas crianças e, felizmente, o resultado foi negativo. O Conselho Tutelar foi acionado e acompanha o caso. Preso em flagrante, o suspeito foi levado para a Delegacia de Plantão de Betim, também na Região Metropolitana de BH.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *