SMART FIT - MONTES CLAROS

Turbo Pesquisa - CLIQUE AQUI PARA MIAS INFORMAÇÕES
Inicio » Educação » Estão abertas as inscrições para o Edital Sementes que contemplará até 10 iniciativas protagonizadas por jovens

Estão abertas as inscrições para o Edital Sementes que contemplará até 10 iniciativas protagonizadas por jovens

Estão abertas as inscrições para o Edital Sementes que contemplará até 10 iniciativas protagonizadas por jovens

Estão abertas as inscrições para o Edital Sementes, um programa que visa contemplar até 10 iniciativas protagonizadas por jovens entre 15 e 29 anos, que tenham em seu propósito a articulação no território, a promoção da inclusão social e da diversidade humana, contribuindo para o combate ao preconceito e à discriminação e para a promoção da equidade.

Estão abertas as inscrições para o Edital Sementes que contemplará até 10 iniciativas protagonizadas por jovens
Estão abertas as inscrições para o Edital Sementes que contemplará até 10 iniciativas protagonizadas por jovens

 

As inscrições  seguem até o dia 17 de julho e podem ser realizadas mediante preenchimento de um formulário com modelo disponível no site da instituição, já a divulgação dos iniciativas contempladas serão anunciadas no dia 16 de setembro. Cada projeto selecionado poderá receber até R$ 20.000,00 de fomento.

A seleção acontecerá em duas etapas, sendo a primeira a escolha de até 50 iniciativas finalistas com maior potencial frente aos eixos avaliativos e dentre esses haverá a escolha de até 10 iniciativas que serão beneficiadas. Para mais informações acesse o edital.

O Edital Sementes é uma ação dentro do Prêmio Itaú-UNICEF, iniciativa do Itaú Social e do UNICEF, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária, (CENPEC Educação).

Avaliação e seleção

As iniciativas serão avaliadas segundo os quatro eixos seguintes.

  1. Diversidade Humana – centralidade da diversidade humana nas ações – raça/etnia, gênero e/ou deficiência na perspectiva da educação integral e inclusiva;
  2. Protagonismo e autonomia dos jovens em todas as etapas da iniciativa (idealização, planejamento e execução das ações);
  3. Mobilização e articulação no território na perspectiva da garantia de direitos e promoção da equidade;
  4. Aspectos metodológicos – proposição de metodologias que dialoguem com as necessidades juvenis e apresentem estratégias diferenciadas para a proposição das ações.

Aviso

  • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *