FENICS 2019 - ACI

Obtenha mais clientes com a sua ficha do Google

Inicio » Colunistas » Pe. Ezequiel Dal Pozzo » Coluna do Pe. Ezequiel Dal Pozzo – Viver com ternura e cuidado!

Coluna do Pe. Ezequiel Dal Pozzo – Viver com ternura e cuidado!

Coluna do Pe. Ezequiel Dal Pozzo – Viver com ternura e cuidado!

Nós sabemos que nem sempre a terra, a vida e o ser humano são cuidados. Nem todos têm amor no coração. Nem sempre as nossas relações são de cooperação. A competição, a ganância, o egoísmo estão muito presente nas ações humanas.

A ternura e o cuidado nesse tempo da história se revelam como duas atitudes fundamentais, verdadeiros modos de ser. São atitudes de suma importância, porque estamos numa fase em que a vida sofre ameaças e que a terra, o ser humano, as crianças, os pobres precisam de mais cuidado.

Um autor chamado Teihard de Chardin sugere uma noosfera. O que significa? Noosfera significaria uma nova atitude dos seres humanos, caracterizada pelo espírito de comunhão e de amorização entre os humanos e deles para com a terra. Noosfera significa um tempo novo de mais amor, de mais comunhão, de mais cuidado entre nós e dos seres humanos para com a terra e com toda vida. Trata-se de um processo em curso, mas que precisa ser fomentado.

A vida é frágil e vulnerável. A atitude adequada para a vida é o cuidado, o respeito, a veneração, a ternura. Essas atitudes brotam da experiência do sagrado e da descoberta do mistério do universo. A mesma reverência que temos com Deus, podemos ter com a vida. O sagrado em nós vai despertando atitudes de cuidado, de respeito e amor. Atitudes agressivas, de morte e de competição não rimam com sagrado, com mistério, com Deus. A pessoa pode dizer que tem fé, que ama a Deus, mas se ela manifesta agressividade, intolerância, desrespeito, então há contradição. Se Deus é reverenciado, se Ele está de fato acima de todos, o amor, a acolhida, a construção do bem é o que motiva a todos.

É fundamental em nosso tempo a centralidade desse sentimento de amor para com tudo. Recuperar a lógica do coração e reinventar-se no amor. Não simplesmente permanecer na lógica fria, que busca fazer, acumular, competir, estragando a vida, o outro, o universo. A ternura e o cuidado podem estar mais presentes no que pensamos, dizemos e fazemos.

Padre Ezequiel Dal Pozzo é sacerdote da Diocese de Caxias do Sul (RS). Cantor e compositor, lidera o Projeto Despertai para o Amor, de evangelização através da música e dos meios de comunicação. Já lançou 5 CDS e 1 DVD e roda o Brasil com shows musicais, palestras, missas e pregações. Apresenta diariamente a reflexão Despertai para o Amor em mais de 140 rádios de 19 Estados do Brasil e o programa semanal Despertai para o Amor na TV Evangelizar e na TV Nazaré. É editor da Revista Despertai para o amor de circulação trimestral e autor do livro“Beber na fonte do amor: como a misericórdia humaniza e traz verdadeira alegria”(Edições Loyola).

 

Padre Ezequiel Dal Pozzo
Padre Ezequiel Dal Pozzo

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *