FENICS 2019 - ACI

Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Codema discute desertificação do Norte de Minas

Norte de Minas – Codema discute desertificação do Norte de Minas

Norte de Minas – Codema discute desertificação do Norte de Minas

Norte de Minas – A 132ª reunião do Conselho Municipal de Defesa e Conservação do Meio Ambiente (Codema) de Montes Claros, na última semana, foi bastante produtiva. Serviu para discutir o processo de desertificação do Norte de Minas, aprovar licenças ambientais e criar comissão para avaliar a destinação de áreas verdes em novos loteamentos de Montes Claros, de forma a beneficiar a população, proporcionando melhor qualidade de vida a crianças, jovens, adultos e idosos.

Norte de Minas - Codema discute desertificação do Norte de Minas
Norte de Minas – Codema discute desertificação do Norte de Minas

 

A explanação sobre a desertificação regional foi feita pelo técnico ambiental do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), pós-graduado em ciências biológicas, Walter Viana Neves, que, na oportunidade, disse que o processo em está em ritmo acelerado, devido às ações desordenadas de desmatamento e outras medidas danosas ao meio ambiente, provocadas por decisões irresponsáveis, tomadas ao longo dos anos. Walter Viana chamou a atenção dos conselheiros e demais lideranças que prestigiaram a reunião sobre a importância de medidas emergenciais e eficientes para tentar reverter o quadro atual “considerado acelerado e preocupante”.

Em seguida, decidiu-se pela formação de comissão que vai definir sobre as áreas verdes dos novos loteamentos a serem criados em Montes Claros. Os representantes da comissão devem estudar caso a caso, a fim de reservar os melhores locais, para tornar a cidade melhor para se viver, com mais qualidade de vida para toda a população.

Na reunião também foram aprovadas duas licenças ambientais: uma referente a posto de combustível localizado na avenida Deputado Esteves Rodrigues (Sanitária) e também do loteamento Novo Primavera.

O presidente do Codema e secretário de Meio Ambiente, Paulo Ribeiro, destacou a importância dos encontros para tomada de decisões benéficas à sociedade e lembrou as ações de desobstrução de áreas invadidas como ocorreu no Parque Guimarães Rosa. Frisou que os invasores estão sendo orientados a desocupar os terrenos e que em caso de persistência, o município está agindo com rigor e determinação.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *