FENICS 2019 - ACI

Inicio » Colunistas » Pe. Ezequiel Dal Pozzo » Coluna do Pe. Ezequiel Dal Pozzo – O amor nos faz viver

Coluna do Pe. Ezequiel Dal Pozzo – O amor nos faz viver

Coluna do Pe. Ezequiel Dal Pozzo – O amor nos faz viver

Quem se sente amado quer viver e quem não se sente amado, dentro de si, mesmo que inconscientemente, tem o desejo de morrer. Quanto mais uma pessoa se sente amada mais ela quer viver e quando ela se sente desprezada, rejeitada, não amada, o desejo de viver diminui.

Na bíblia, a carta de João diz que Deus é amor e quem permanece no amor permanece em Deus e Deus permanece nele.  Ele é a fonte do amor e da vida. Quando abrimos uma garrafa de vinho, dela sai vinho e quando abrimos uma garrafa de água, dela sai agua. Tudo que sai de Deus é amor. O amor é a marca de Deus.

Os seres humanos são frutos do amor. A nossa essência profunda é amor. Fomos pensados, planejados e fabricados pelo amor.  Assim, em qualquer lugar do mundo os seres humanos se entendem quando se fala a linguagem do amor.

Nós saímos do amor. Entramos nesse mundo em uma família, pai, mãe, irmãos e, imediatamente, percebemos que éramos bem vindos, esperados, queridos e desejados. Esse é o caminho mais natural, contando as exceções, que nunca serão a regra. Desde o momento que fomos concebidos já somos uma pessoa completa, embora ainda precisássemos nos desenvolver fisicamente, emocionalmente e espiritualmente. A potencialidade para o desenvolvimento já está em nós desde o início.

O desenvolvimento nos fará perceber o quanto somos queridos e amados, ou não. A pessoa, no entanto, estará marcada pela quantidade de amor que recebeu, especialmente no início da vida. Se fomos amados, lançamos nossas raízes numa terra boa e nos desenvolveremos a partir das nossas raízes. Ao contrário, quem foi rejeitado pode ir levando consigo as marcas da rejeição, embora muito frequentemente, inconscientes para si mesmo.

O amor faz a diferença. Quem se sente muito amado se ama e sente gosto de viver. A rejeição diminui a vida e o gosto de viver. Por isso, façamos a vida acontecer. Amemos! Cultivemos em nós o contato com a Fonte do Amor, Deus, que renova todas as coisas, nos fortalece para enfrentar a vida e nos oferece sentido e verdade.

Padre Ezequiel Dal Pozzo é sacerdote da Diocese de Caxias do Sul (RS). Cantor e compositor, lidera o Projeto Despertai para o Amor, de evangelização através da música e dos meios de comunicação. Já lançou 5 CDS e 1 DVD e roda o Brasil com shows musicais, palestras, missas e pregações. Apresenta diariamente a reflexão Despertai para o Amor em mais de 140 rádios de 19 Estados do Brasil e o programa semanal Despertai para o Amor na TV Evangelizar e na TV Nazaré. É editor da Revista Despertai para o amor de circulação trimestral e autor do livro“Beber na fonte do amor: como a misericórdia humaniza e traz verdadeira alegria”(Edições Loyola).

Padre Ezequiel Dal Pozzo
Padre Ezequiel Dal Pozzo

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *