Casa das Apostas Online Betway

PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINAS

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Mais Seções » Entretenimento » ‘História de um casamento’ atrai milhares de espectadores e é indicado ao Oscar 2020

‘História de um casamento’ atrai milhares de espectadores e é indicado ao Oscar 2020

‘História de um casamento’ atrai milhares de espectadores e é indicado ao Oscar 2020

Concorrendo a seis premiações, o longa retrata um outro lado do amor, compreendendo emoções e razões particulares de um casal.

‘História de um casamento’ atrai milhares de espectadores e é indicado ao Oscar 2020

No último dia 13, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou a lista dos filmes e artistas que estão concorrendo ao Oscar 2020. Uma das obras presentes na lista é o filme História de um Casamento, comédia dramática escrita e dirigida pelo cineasta norte-americano Noah Baumbach.

Produzido e distribuído pela Netflix, o longa (2h e 17m de duração) aborda um delicado tema comum a grande parte das pessoas: relacionamentos. O desenrolar da obra compreende a vida de um casal, formado por Nicole (Scarlett Johansson) e Charlie (Adam Driver), prestes a se separar, aparentemente sem grandes motivos.

Apresentada a amargurada questão, envolvida por uma série de momentos de intimidade, Baumbach dá continuidade ao roteiro analisando, sem julgar como certo ou errado, expondo, para isso, as diferentes narrativas do casal, as razões e consequências do término. Durante o decorrer da história, é possível compreender a emoção racional que envolve a dramaticidade existente no começo, meio e fim de um amor.

Construção emocional e identificação pessoal

História de um Casamento se inicia apresentando os pontos de vista de ambas as partes do casal, mais especificamente a concepção que Nicole tem de Charlie e vice-versa. Logo nos primeiros minutos, mediante as descrições, já é possível entender a emoção expressada pela produção.

Por meio do desenvolvimento, o público acompanha a perda de intimidade dos amantes, ocasionando um distanciamento que chega a ser configurado como estranheza — esse ponto especificamente é capaz de sintetizar enormes tristezas.

Os diálogos profundos encarados por Charlie e Nicole manifestam ainda questões presentes na maioria dos relacionamentos atuais, trazendo, assim, uma proximidade entre personagens e espectadores baseada inteiramente em conteúdos psicológicos e emocionais.

Ainda nas discussões do relacionamento, é possível captar as vulnerabilidades que envolveram o casal e os levaram até ali. Empatia, tristeza, revolta e contentamento são emoções passíveis de serem experimentadas durante o acompanhamento do longa de Noah Baumbach.

Atuações pontuais

Abastados de talento, Adam Driver e Scarlett Johansson cativam com suas atuações durante todo o filme, as cenas musicais desenvolvidas pelos dois são realmente incríveis.

Outra presença inquestionável é Nora, advogada de Nicole, interpretada por Laura Dern. Especializada em casos de família e acostumada com divórcios, Nora torna-se uma espécie de conselheira para a recém-separada, responsável por transmitir uma visão externa e experiente acerca do caso.

A advogada faz também as vezes de amiga. Em uma das passagens, ela auxilia a sua cliente, de maneira impactante, com a preparação do discurso que será proferido no tribunal durante a sessão de julgamento sobre a custódio do filho — aqui, a determinação materna da atriz é indiscutível.

Apesar da mágoa que envolve a circunstância retratada, História de um Casamento demonstra, no fundo, que apesar das fragilidades e diferenças, viver um relacionamento é uma das maiores vivências para o ser humano.

Prêmios e indicações

Líder de indicações para o Globo de Ouro — Melhor Filme de Drama, Melhor Atriz, Melhor Ator, Melhor Atriz Coadjuvante em Filme de Drama, Melhor Roteiro Original e Melhor Trilha Sonora —, o longa venceu apenas a categoria de Melhor Atriz Coadjuvante.

A grande expectativa é para o Oscar 2020, em que a obra concorre em seis categorias: Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Filme, Melhor Trilha Sonora e Melhor Roteiro Original.

Netflix no Oscar

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas demonstrou novamente, com as indicações para o Oscar, o confronto existente entre a “tradicional” e a “nova Hollywood”.

A próxima edição da premiação contará com a presença de 24 nominações advindas de produções originais da Netflix, maior plataforma provedora de filmes e séries de televisão via streaming. Entre as obras, O Irlandês e História de um Casamento foram indicadas para a condecoração de Melhor Filme.

Inclusive, juntos, os dois filmes renderam 16 indicações para a companhia californiana. Vale ressaltar que a produção brasileira Democracia em Vertigem, de Petra Costa, está concorrendo ao prêmio de Melhor Documentário.

A cerimônia de premiação do Oscar 2020 está marcada para o dia 9 de fevereiro, no inconfundível Teatro Dolby, em Los Angeles na Califórnia, Estados Unidos.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *