Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Com gol no fim e pênalti defendido por Fábio, Cruzeiro vence o Uberlândia no Mineirão

Com gol no fim e pênalti defendido por Fábio, Cruzeiro vence o Uberlândia no Mineirão

O domingo começou com festa, diante da esperada reestreia de Marcelo Moreno. E também terminou, com uma vitória suada, que deu fim à sequência de dois empates e uma derrota no Campeonato Mineiro. Se foi para o Carnaval superado pelo Tombense na Zona da Mata, o time de Adílson Batista se reabilitou batendo o Uberlândia no Mineirão: 2 a 1. Um resultado garantido apenas no fim do jogo, pela sétima rodada da competição. Com direito a pênalti defendido por Fábio, seu 29º com a camisa estrelada.

Com gol no fim e pênalti defendido por Fábio, Cruzeiro vence o Uberlândia no Mineirão
Com gol no fim e pênalti defendido por Fábio, Cruzeiro vence o Uberlândia no Mineirão

O placar foi aberto já aos 10 minutos de jogo, em jogada com participação da estrela do dia. O belo lançamento de Maurício encontrou Moreno na área pela direita, o atacante foi à linha de fundo e, com a visão de jogo peculiar, serviu Pedro Bicalho para marcar o primeiro.

A Raposa, com a vantagem, procurou segurar a posse de bola à espera dos espaços na marcação do time do Triângulo e mostrava boa movimentação ofensiva, especialmente com Maurício. Mas começou a dar possibilidades ao campeão do Módulo II. Em tarde pouco inspirada, o lateral João Lucas acabou tendo seu flanco de campo explorado pelos comandados de Luizinho Lopes, que já levavam perigo nos minutos finais da primeira etapa. Um chute rasteiro de Fábio Alves obrigou Fábio a fazer boa defesa.

Os times voltaram a campo sem mexidas, mas com cenário totalmente oposto. O Uberlândia começou a se sentir confortável no ataque e a controlar a posse de bola (finalizou 17 vezes a gol). E se as jogadas tramadas não rendiam o empate, ele veio numa cobrança de escanteio, aos 12min, que o grandalhão Jhulliam testou para o fundo da rede.

Adílson tentou tornar o Cruzeiro mais ofensivo, com as entradas de Wellington e Vinícius Popó, mas o bom posicionamento defensivo do rival dava poucas chances à conclusão. No empurrão da torcida, o segundo acabou saindo em cobrança de escanteio aproveitada pelo zagueiro Arthur. Por pouco o resultado não mudou novamente em seguida. Na saída de bola, Wandinho invadiu a área celeste pela esquerda e, na disputa com Valdir, o árbitro Marco Aurélio Fazekas marcou o pênalti. Que Diogo cobrou fraco, facilitando a intervenção de Fábio. No meio de semana, a equipe tem pela frente o Boa, pela segunda fase da Copa do Brasil para, no sábado, fazer o clássico com o Atlético.

FICHA DO JOGO

CRUZEIRO 2 X 1 UBERLÂNDIA

CRUZEIRO

Fábio; Valdir, Léo, Arthur e João Lucas; Jadson (Caio), Machado e Pedro Bicalho (Vinícius Popó); Maurício, Marcelo Moreno e Éverton Felipe (Wellington)

Técnico: Adilson Batista

UBERLÂNDIA

Rafael; Joazi, Plínio, Rogério e Fabio Alves, Leandro Salino, Diogo, Dija Baiano (Wandinho) e Joedson; Luizinho (Lucas) e Jhulliam (Tiago)

Técnico: Luizinho Lopes

Motivo: 7ª rodada do Campeonato Mineiro

Local: Mineirão

Arbitragem: Marco Aurélio Fazekas, auxiliado por Marcus Vinícius Gomes e Felipe Alan Costa de Oliveira

Cartão amarelo: Machado (CRU); Rogério (UBE)

Gols: Pedro Bicalho, aos 10 do primeiro tempo; Jhulliam, aos 12 e Arthur aos 44 minutos do segundo tempo

Público Total: 12.035

Público Pagante: 9.700

Renda: R$216.639,50