Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Veja como os arquitetos estão aprendendo a trabalhar à distância

Veja como os arquitetos estão aprendendo a trabalhar à distância

Pandemia do coronavírus obrigou profissionais da área a oferecerem novas formas de atender o público.

Veja como os arquitetos estão aprendendo a trabalhar à distância
Veja como os arquitetos estão aprendendo a trabalhar à distância

 

Os hábitos e a rotina da população mundial foram alterados desde o início da pandemia do coronavírus. A circulação de pessoas nas ruas diminuiu, muita gente começou a trabalhar em casa e o uso de máscaras ao sair passou a ser obrigatório. Tudo foi feito para diminuir a propagação do vírus.

Profissões de diversas áreas foram atingidas por causa da doença. Entre elas, o mercado de arquitetura. Engana-se quem pensa que o trabalho do arquiteto é apenas desenhar plantas de imóveis. A pandemia trouxe muitas mudanças, obrigando os profissionais da área a se adaptarem a esta nova realidade.

O cenário de incerteza sobre o futuro e de instabilidade econômica fez com que muitas obras fossem interrompidas. Vários projetos tiveram que ser cancelados ou adiados, enquanto prazos de outros empreendimentos foram estendidos.

Nos últimos meses, a rotina dos arquitetos foi alterada por causa da pandemia. Abaixo, conheça algumas das mudanças que já são perceptíveis no setor durante esse período.

Atendimento a distância

Uma vez que a recomendação é que as pessoas não saiam para rua, como é possível planejar uma reforma em sua casa durante a pandemia? Muitas empresas e estúdios recorreram ao atendimento on-line, permitindo conectar o cliente com os arquitetos de maneira remota, sem oferecer riscos a nenhuma das partes.

Para o arquiteto planejar uma reforma, por exemplo, ele precisa contar com a colaboração dos interessados nela. Assim, os moradores de uma casa mandam para o arquiteto o máximo de informações possíveis sobre o imóvel, como fotos e vídeos do local em que se deseja realizar a obra.

Além disso, é desejável que se informe as medidas daquele espaço e, se possível, até a planta original do imóvel. Com todos esses dados em mãos, o arquiteto pode fazer um modelo 3D em casa, o que permite que ele faça sugestões sobre possíveis alterações no ambiente.

A interação on-line também permite que os possíveis clientes possam conversar com os arquitetos e tirar eventuais dúvidas. Quem planeja iniciar um projeto, por exemplo, pode conversar com um profissional por videochamada para esclarecer o que pretende fazer e discutir como deseja desenvolver o planejamento.

Design de interiores

A ajuda dos profissionais desse setor não se resume, apenas, ao projeto que os arquitetos podem fazer para um novo imóvel ou uma reforma. Também é possível solicitar ajuda dos especialistas para mudanças que a pessoa pode realizar por conta própria em sua casa.

Essa espécie de consultoria para mexer no design interno da residência permite que o cliente tenha uma boa opinião sobre pequenas mudanças que possam ser feitas. Pintar um cômodo, mudar os móveis de lugar ou colocar determinado quadro em um canto da parede são algumas das assistências oferecidas.

Trabalho home office

Assim como muitos outros funcionários, a maioria dos arquitetos teve que passar a trabalhar em casa. Por isso, foram necessárias mudanças para que o ritmo de trabalho não fosse alterado.

Para contornar o encontro físico, várias empresas adotaram as reuniões diárias, em plataformas de videoconferência, como o Zoom. Dessa forma, a equipe pode discutir os projetos pendentes e planejar os próximos passos.

Essa característica de trabalhar em casa também pode ser considerada uma possível tendência para o futuro. Enquanto a pandemia não for controlada, muita gente vai passar a trabalhar na própria casa, algo que pode perdurar até depois que a situação voltar ao normal.

A maioria das residências não tem um espaço dedicado para o trabalho, como um escritório. Por isso, os arquitetos já esperam que os projetos do futuro incluam a presença de um escritório na planta, além de eventuais reformas para a construção deste ambiente nos imóveis.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *