Empréstimo Consignado para aposentados, pensionistas do INSS

Últimas Notícias
Casa das Apostas Online Betway

Malu Pires: marca de chapéus feitos à mão para você conhecer

Malu Pires: marca de chapéus feitos à mão para você conhecer

 

No Brasil está crescendo o movimento que adota práticas menos poluentes e mais saudáveis na moda. A marca de chapéus de palha Malu Pires, comandada por Maria Luara Pires, utiliza a sustentabilidade como um dos seus grandes trunfos, colocando a responsabilidade social, o respeito aos animais e o baixo impacto ambiental em primeiro lugar.

Nesse contexto, a filosofia da marca Malu Pires se estende não apenas aos produtos finais, mas também à qualidade e sustentabilidade de todo o processo. |Chapéus e bolsas de palha são feitos de forma responsável, com condições de trabalho seguras e fornecimento consciente.

 

 

A marca aposta no conceito da sustentabilidade e no artesanal com acessórios feitos à mão com palhas extraídas de coqueiros brasileiros. Até mesmo a coloração é feita com pigmentos naturais. O resultado? Peças artesanais com personalidade que vão bem em qualquer situação – tudo sem comprometer o estilo e o conforto.

“Moda e artesanato ganham. É uma troca fundamental: entramos com a visão de design e as bordadeiras com esse ofício maravilhoso. É uma chance de construir algo contemporâneo e, ao mesmo tempo, precioso, minucioso, algo que só o feito à mão traz”, diz a empresária Malu Pires,

Para isso, a marca não terceiriza sua produção para terceiros, e trabalha diretamente com artesãos da região – o que permite à marca manter condições éticas de trabalho e processos de produção eficientes.

O chapéu de palha da marca é feito à mão, sempre priorizando designs atemporais. Afinal, a moda é para durar. Para se ter ideia, há peças que levam até 30 dias para ficar pronta. De fato, a marca contemporânea nascida em 2017, na cidade de Rio Verde, em Mato Grosso do Sul, celebra a individualidade, autenticidade e sustentabilidade.

Quer saber as notícias do Jornal Montes Claros em primeira mão? Siga-nos no Facebook @jornamoc, Twitter @jornalmoc e Instagram @jornalmoc.