Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Norte de Minas – A Energia Solar vai transformar a agricultura nos próximos anos

Norte de Minas – A Energia Solar vai transformar a agricultura nos próximos anos

Norte de Minas – Que a Energia Solar é um caminho sem volta em todo o mundo, nós já sabemos. Cada vez mais, nos deparamos com painéis solares cobrindo as casas, comércios, indústrias, enfim, todos buscando meios de instalar seu sistema fotovoltaico, visando economizar nas contas de luz, e de quebra, contribuir para a preservação ambiental.

Norte de Minas - A Energia Solar vai transformar a agricultura nos próximos anos
Norte de Minas – A Energia Solar vai transformar a agricultura nos próximos anos

 

A Energia Solar cresce num ritmo cada dia mais acelerado. Só em 2019, o setor cresceu 212% (números da ANEEL). Para 2020, apesar do Corona Vírus, já sabemos que os números serão novamente positivos.

Na área rural, numa região sempre considerada pobre, com secas devastadoras e poucas oportunidades de trabalho, estamos começando nos acostumar a ver parques solares cobrindo terras antes cultivadas ou não. Neste contexto, o agricultor ainda meio que assustado, desconfia e questiona tudo que pode, ainda com um “certo” medo do desconhecido, como é natural.

Sem dúvida, os parques solares já estão trazendo mudanças bruscas nas vidas dos proprietários das terras onde estão sendo instalados. Essas mudanças ocorrerão de forma mais ampla e rápida, principalmente no Norte de Minas Gerais, e será a base para o que virá daqui para frente. Os parques solares vão gerar uma fonte de renda segura para os agricultores, e por consequência, a valorização das terras e o incentivo a novos investimentos; e é aí que vai acontecer a mudança concreta. Com a redução das taxas de importação dos materiais e equipamentos (placas, inversores e bombas) e linhas de crédito específicas, o agricultor vai descobrir que a energia solar pode ser usada também para aumentar ainda mais os seus ganhos com a lavoura e a pecuária. Os sistemas de bombeamento de água, antes geradores de grandes despesas por conta do alto consumo de energia elétrica, passa a ser agora, fundamental para a redução dos custos e consequente aumento nos ganhos, com o uso da energia solar.

Aliado a tudo isso, estará a capacidade de geração de novos empregos com qualificação e boa remuneração nos parques solares.

Pronto, está desenhado o cenário para os próximos anos ou décadas. A transformação de uma região antes desprovida de oportunidades, numa das mais prósperas e ricas. E isso não é devaneio nem exagero, alguns especialistas já estão considerando o semi-árido nordestino como a nova fronteira agrícola brasileira.

O agricultor está vivendo para crer que o sol, elemento da natureza sempre associado à pobreza e às dificuldades vividas em toda uma região, pode ser na verdade, fonte de esperança e crescimento. E que assim seja, amém…

Seja um INSTALADOR de Energia Solar Clique AQUI

Pelo Prof. Edson Meirelles