Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Montes Claros – Viveiro Municipal irá oferecer cursos para reeducandos do sistema prisional e pessoas em situação de rua

Montes Claros – Viveiro Municipal irá oferecer cursos para reeducandos do sistema prisional e pessoas em situação de rua

Montes Claros – O Viveiro Municipal de Montes Claros “Professor Santos D’Ângelo Neto”, que passou por uma grande revitalização, é essencial na preservação do meio ambiente, pois lá são cultivadas mudas que depois são plantadas em parques e áreas verdes do município.

Montes Claros - Viveiro Municipal irá oferecer cursos para reeducandos do sistema prisional e pessoas em situação de rua
Montes Claros – Viveiro Municipal irá oferecer cursos para reeducandos do sistema prisional e pessoas em situação de rua
O local passará a ser usado também na capacitação de reeducandos e pessoas em situação de rua atendidas pelos programa “Para Além das Prisões” e “Jardim para Borboletas”, oferecendo cursos e oficinas de jardinagem e paisagismo, por meio de parceria entre a Prefeitura e o Instituto de Ciências Agrárias (ICA) da Universidade Federal de Minas Gerais/Campus Montes Claros.
“O Viveiro Municipal Professor Santos D`Ângelo Neto, que recentemente foi totalmente revitalizado, já está produzindo plantas específicas para o paisagismo de praças e jardins, com foco na perspectiva regional, considerando nossos aspectos climáticos e de adaptações das espécies, bem como suas devidas manutenções”, informou o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Montes Claros, Paulo Ribeiro.
De acordo com a professora do ICA/UFMG, Elka Fabiana Aparecida Almeida, o curso prevê aulas teóricas e práticas, com orientações sobre o manejo do solo e das plantas que mais se adaptam em nossa região. Ela reforça que o objetivo é capacitar essas pessoas para que possam deixar a cidade cada vez mais bela.
VIVEIRO
O viveiro municipal de Montes Claros produz, anualmente, cerca de 10 mil mudas de árvores e plantas de diversas espécies. O objetivo é melhorar as condições climáticas, valorizar a educação ambiental e promover a beleza nos espaços urbanos, principalmente nos locais que mais necessitam de reposição e jardinagem. Além das mudas próprias, o viveiro armazena mais 20 mil mudas, recebidas anualmente como compensação ambiental.