Últimas Notícias

MG – Governo de Minas adquire 20 mil testes para Covid-19

MG – Governo de Minas adquire 20 mil testes para Covid-19

MG – A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) adquiriu 20 mil kits de testes de Covid-19 desenvolvidos e produzidos pelo CT Vacinas, projeto vinculado à Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), à Fiocruz Minas e ao Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BH-Tec). Os testes utilizam material 100% nacional e prometem ser mais baratos que as opções importadas utilizadas atualmente. 

MG - Governo de Minas adquire 20 mil testes para Covid-19
MG – Governo de Minas adquire 20 mil testes para Covid-19 Foto: Douglas Magno / AFP

 

O investimento na compra foi de R$ 250 mil, portanto cada teste sairá por R$ 12,50. Do tipo Elisa, eles detectam anticorpos no organismo a partir de uma amostra do sangue, indicando se o paciente teve contato com o coronavíris. Não se trata de um teste rápido, mas feito em laboratório, com resultado disponível entre 24 e 48 horas e recomendação de uso após 14 dias do primeiro sintoma do paciente. A destinação inicial dos kits será para grupos prioritários de instituições de longa permanência (ILPI), unidades prisionais e sistema socioeducativo em Minas Gerais.

Em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (3), o secretário adjunto de Saúde, Marcelo Cabral, pontuou que, no início da pandemia, o Estado tentou adquirir testes rápidos, que também rastreiam anticorpos no sangue, mas o preço por kit chegava a quase R$ 200. “Essa nova alternativa é vantajosa, seja pelo preço ou pela produção e praticidade”, disse.

Os testes foram desenvolvidos em tempo recorde pelo CT Vacinas — em cerca de quatro meses, enquanto o tempo padrão fica entre um ano e um ano e meio, segundo pesquisadores. O desenvolvimento teve recursos do Ministério da Ciências, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig).

Pela primeira vez, municípios mineiros podem abrir cinemas e retomar shows, pelas regras do Minas Consciente

O secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, lembrou que a macrorregião região Norte do Estado é a primeira a alcançar a onda verde do programa Minas Consciente, que permite retorno de atividades consideradas de alto risco de contágio de Covid-19, como cinemas, shows e parques de diversões. Além dela, outras 16 microrregiões avançaram para essa fase do plano. Atualmente, 71% dos 853 municípios mineiros aderiram ao programa.

Ao mesmo tempo, a inclusão das escolas em alguma das ondas atuais do Minas Conscieente continua em discussão, de acordo com o secretário adjunto de Saúde, Marcelo Cabral. “(As escolas) incluem crianças e muito pouca idade, que às vezes têm contato com seus avóa. Isso precisa ser ponderado”, reforçou.

Confira as microrregiões que estão na onda verde, além da macrorregião Norte:

  • Itabira
  • João Monlevade
  • Barbacena
  • Congonhas
  • Conselheiro Lafaiete
  • São João Del Rey
  • Ponte Nova
  • Viçosa
  • Montes Claros, Coração de Jesus, Bocaiúva e Francisco Sá
  • Taiobeiras
  • Além Paraíba
  • Muriaé
  • Santos Dumont
  • Itajubá
  • Lavras
  • Guanhães