Empréstimo Consignado para aposentados, pensionistas do INSS

Últimas Notícias
Casa das Apostas Online Betway

Valor Bruto da Produção agropecuária mineira pode atingir R$ 87 bilhões

Valor Bruto da Produção agropecuária mineira pode atingir R$ 87 bilhões

Valor Bruto da Produção agropecuária mineira pode atingir R$ 87 bilhões

O café representa aproximadamente de 35% do faturamento agrícola do VBP neste ano, com uma receita que deve alcançar R$ 19,3 bilhões.

Valor Bruto da Produção agropecuária mineira pode atingir R$ 87 bilhões
Em 2020, a agropecuária mineira deve apresentar um crescimento de 21,9% em relação ao ano anterior. Esse número significa que a estimativa do Valor Bruto da Produção (VBP) irá alcançar R$ 87 bilhões.

O indicador representa a expectativa da geração de renda no meio rural e seu cálculo é feito pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a partir de dados do IBGE, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/USP).

O resultado positivo de Minas segue a tendência nacional, que vem colhendo números interessantes. Afinal, além da recepção no mercado externo, os incentivos ao setor agrícola, por parte do governo, tem impactado a produção no campo. Com isso, é natural que outras áreas da agricultura sejam aquecidas. É o caso do comércio que alimenta a dinâmica de trabalho rural, como a venda de ferramentas online, por exemplo.
Faturamento

Quando analisado o faturamento mineiro como um todo, é possível observar que mais da metade, isso é 63,7%, veio das lavouras, ou seja, da agricultura. O segmento deve alcançar R$ 55,4 bilhões, com crescimento de 23,5% em relação ao ano passado. Sendo assim, os principais impulsos vêm do café (53,3%), da soja (46,5%), do milho (27,6%), do feijão (14,5%), da laranja (1%), do trigo (55%), da mandioca (10,4%) e do amendoim (69,1%).

Para se ter uma ideia, sozinho, o café representa aproximadamente de 35% do faturamento agrícola do VBP neste ano, com uma receita que deve alcançar R$ 19,3 bilhões. De acordo com um levantamento do IBGE, de setembro, a safra de café arábica, no estado, deve aumentar 32,6%, alcançando 32,8 milhões de sacas em 2020.

O preço do café no mercado interno também registrou altas, foi o que apontou o indicador do café arábica Cepea/Esalq. Em setembro, a média mensal de preços da saca de café arábica teve crescimento de 31% em relação a setembro de 2019. Isso significa R$ 564,62 em média.

Na avaliação do superintendente de Inovação e Economia Agropecuária da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Carlos Eduardo Oliveira Bovo, os bons resultados na produção de grãos e de produtos como a mandioca e a laranja, além dos preços praticados no mercado, também favoreceram o desempenho positivo do VBP.

Dessa maneira, fica ainda mais fácil de entender um possível reinvestimento dos produtores em seu negócio. Afinal, é necessário garantir a participação nessa boa fase da agricultura nacional e incentivar o desenvolvimento do trabalho rural. Com isso, talvez seja interessante garantir novos equipamentos, como ir em busca de colheitadeiras adequadas, novos modelos de cortador de grama, além, é claro, de contratar mão de obra qualificada.

Quer saber as notícias do Jornal Montes Claros em primeira mão? Siga-nos no Facebook @jornamoc, Twitter @jornalmoc e Instagram @jornalmoc.