Últimas Notícias

MG – Devolução dos PETs garante acompanhamento de aprendizado

MG – Devolução dos PETs garante acompanhamento de aprendizado

MG – Em todo o estado, escolas e estudantes estão se articulando e se organizando da melhor maneira para que os Planos de Estudos Tutorados (PETs) sejam devolvidos às unidades de ensino e aos professores para a conferência. O material é a principal ferramenta do Regime de Estudo não Presencial, implementado pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG). É a partir dele que os alunos dão continuidade ao processo de aprendizagem. 

MG - Devolução dos PETs garante acompanhamento de aprendizado
MG – Devolução dos PETs garante acompanhamento de aprendizado

 

Quando os PETs são devolvidos, os professores conseguem saber o quanto o aluno evoluiu e aprendeu sobre os conteúdos trabalhados mensalmente. Além disso, as apostilas contam para o cumprimento da carga horária prevista nas matrizes curriculares.

“Estamos em plena execução de uma política pública que se constituiu no ensino remoto, com a entrega do PET ao estudante, sua realização e a devolução para a unidade escolar. Todas essas etapas são fundamentais para garantir a todos a oportunidade de aprendizagem compatível com seu nível de desenvolvimento durante a pandemia, bem como a regularidade de seu percurso escolar”, destaca a subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Geniana Guimarães Faria.

Estratégia

Os Planos de Estudos Tutorados têm sido disponibilizados para os alunos de forma on-line pelo aplicativo Conexão Escola e no site estudeemcasa.educacao.mg.gov.br e, também, na forma impressa para aqueles que não têm acesso à internet. Assim como as escolas se prepararam para fazer a entrega das apostilas, elas também estão desenvolvendo estratégias para que os estudantes devolvam as atividades resolvidas.

Na Escola Estadual Alacrino Pedro da Costa, em Tarumirim, o trabalho de entrega e devolução dos PETs é realizado em parceria com o transporte municipal. Sempre que é feita a entrega de um novo volume, o aluno devolve o anterior com as atividades resolvidas. Segundo o diretor da escola, Manoel Lucas Junior, o retorno dos PETs é importante e está sendo satisfatório. “A devolução do PET possibilita uma avaliação do trabalho remoto, do que foi apreendido e consolidado, no todo ou em partes, para que possamos fazer intervenções pontuais, e para que o aluno se perceba como autor e construtor de sua história”, afirma.