Últimas Notícias

Veja dicas para quem quer começar a praticar esportes radicais

Algumas medidas essenciais são: verificar as normas e os equipamentos de segurança, estudar o ambiente, realizar uma avaliação médica e buscar vestimenta apropriada.

Veja dicas para quem quer começar a praticar esportes radicais

Há algumas décadas, a ciência aponta a prática regular de atividades físicas como fundamental para a manutenção da saúde do corpo e da mente. Além de reduzirem os riscos de diabetes, pressão alta e problemas cardíacos, os exercícios melhoram a circulação sanguínea e contribuem para a sensação de bem-estar, o que é benéfico para o cérebro.

Entre as atividades físicas possíveis, existem os esportes radicais. No Brasil, as modalidades mais populares são o paraquedismo, o montanhismo, o rafting, a mountain bike, o surfe, o skate, o rapel e o voo livre.

Por isso, se você deseja começar a praticar um esporte radical há tempos e até já comprou a sua camiseta em poliamida, confira algumas dicas do que fazer para realizar essa vontade com segurança.

Normas de segurança

Antes de começar a praticar qualquer esporte radical, o primeiro passo é verificar quais são as normas de segurança e os equipamentos de proteção daquela modalidade.

Alguns exemplos são: capacetes, joelheiras e cotoveleiras. Para escalada, é preciso ter cabos de ótima qualidade, capazes não só de suportar o seu peso, mas também impactos em caso de quedas.

Avaliação médica

Qualquer atividade física requer uma avaliação médica para verificar quais são as condições de saúde do indivíduo e quais problemas podem fazer com que ele precise de maiores precauções, sobretudo, em relação à intensidade e à duração. 

Isso é ainda mais importante quando se trata de esportes radicais, que produzem uma descarga de adrenalina que eleva a frequência cardíaca e pode trazer problemas quando não é monitorada. 

O corpo deve estar preparado para receber essas descargas de hormônios, portanto, uma avaliação antes do início da prática é fundamental. Paralelamente a isso, vale investir em exercícios localizados para fortalecer a força e a resistência física, em especial, de braços e pernas.

Comunidade esportiva

Outra dica valiosa é buscar grupos de pessoas que pratiquem aquele esporte. Esse é um jeito ótimo de ir descobrindo os melhores equipamentos e técnicas para praticá-lo.

Realizá-lo em grupo também costuma intensificar a motivação e não deixar a preguiça bater, sendo fundamental se ocorrer algum acidente, já que isso fará o socorro chegar mais rápido. As redes sociais são uma ótima ferramenta para te ajudar a encontrar essa comunidade.

Estudo do ambiente

Selecionar com cuidado e estudar as condições do ambiente em que o esporte radical vai ser praticado é fundamental para garantir a sua segurança. Se você quer começar a praticar voo com paraglider, é imprescindível avaliar qual é a área de pouso, quais são as condições do vento e quais possíveis obstáculos podem aparecer no caminho. 

Caso você opte pelo surfe, busque outros praticantes para te apontar como costumam ser as ondas e quais regiões do mar contêm pedras ou redemoinhos, por isso, devem ser evitadas. 

Converse sempre com profissionais da área e outras pessoas que praticam aquele esporte radical para te ajudar a verificar se o ambiente escolhido é apropriado para o que você planeja começar.

Roupas  e calçados apropriados

Pode parecer um detalhe de menor importância, mas vestir roupas e calçados adequados impacta muito o seu rendimento em qualquer atividade física, logo, não poderia ser diferente com os esportes radicais.

O mais recomendado é priorizar as peças de poliamida, fio que garante maior circulação de ar e absorção de suor, o que contribui para a respiração da pele, ajudando a garantir uma sensação mais fresca. 

Outra dica boa é optar por roupas sem costuras, já que estas podem machucar e até causar feridas na pele. Cada esporte necessita não só de um bom tecido, mas também de um design mais adequado para não prejudicar o rendimento. 

Caso você compre as roupas pessoalmente, teste os movimentos que mais se repetem na prática do esporte radical que escolheu e veja se os cortes estão corretamente posicionados. 

Também vale optar por materiais abertos para ajudar na circulação do ar. Alguns produtos contam com tecnologia para evitar odor e oferecer proteção solar. 

Se o esporte em questão necessita de calçados, invista em um modelo que ofereça conforto e boa capacidade de atrito contra superfícies, o que é fundamental para montanhismo e escaladas, por exemplo.