Últimas Notícias
POS ON-LINE PUC MINAS

Galo perde para o Goiás e se afasta da briga pelo título

Galo perde para o Goiás e se afasta da briga pelo título

A melhor notícia que a Massa recebeu nesta quarta-feira (3) foi a vinda do atacante Hulk. Mas se o novo reforço do Galo chegou cheio de vontade e dizendo que quer ser um exemplo para o elenco na próxima temporada, dentro de campo o atual time alvinegro não vem mostrando a força necessária para ser campeão do Brasileiro. O domínio de bola no estádio da Serrinha não foi convertido em gol – como se deu em tantas outras ocasiões nesta edição –, e a equipe de Sampaoli foi derrotada para o Goiás, por 1 a 0, com um tento de Índio.
Galo perde para o Goiás e se afasta da briga pelo título
Galo perde para o Goiás e se afasta da briga pelo título Foto: Pedro Souza / Atlético
Mais uma vez, o treinador resolveu “inovar” na escalação, apostando numa formação com três zagueiros e sem Jair no meio de campo. Não deu certo, e o Atlético tomou um gol no primeiro tempo. Tentou alterar esse quadro no intervalo, com o ingresso do volante e também do atacante Marrony. Durante a segunda etapa, ainda promoveu o regresso de Tardelli, que não atuava desde o dia 7 de março de 2020, na vitória por 2 a 1 em cima do Cruzeiro. Nada!
Tudo que o Alvinegro tentou ao longo da partida deu errado. O placar adverso faz o Galo ficar cada vez mais longe da taça de campeão. Estacionado em terceiro lugar, com 60 pontos, o time vai ter que “secar” o Internacional (65 pontos), contra o Athletico-PR, e o Flamengo (61), ante o Vasco, nesta quinta-feira (4).
Mas é aquela velha história se repetindo: de nada adianta que os oponentes na luta pelo título percam pontos, se a equipe mineira não fizer sua parte.
GOIÁS 1 X 0 ATLÉTICO
Motivo: 34ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 3/2/2021 (quarta-feira)
Estádio: Serrinha
Cidade: Goiânia
Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa Farinha e Thiago Henrique Neto Correa Farinha, todos do Rio de Janeiro
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Cartões amarelos: Índio, Heron e Tadeu (Goiás); Alan, Mariano e Jair (Atlético)
Gols: Índio aos 27 do primeiro tempo
GOIÁS
Marcelo Rangel; David Duarte, Fábio Sanches e Heron; Índio (Douglas Baggio), Daniel (Thaylon), Henrique Lordelo, Miguel Figueira (Ratinho), Shaylon (Igor Mendonça) e Jefferson; Fernandão (Rafael Moura)
Técnico: Glauber Ramos
ATLÉTICO
Everson; Gabriel (Jair), Réver e Junior Alonso; Allan (Nathan), Alan Franco (Mariano), Hyoran e Guilherme Arana; Savarino, Vargas (Diego Tardelli) e Sasha (Marrony)
Técnico: Jorge Sampaoli