POS ON-LINE PUC MINAS

Norte de Minas – Gestão 2017/2020 do SAMU se encerra com renovação total da frota de ambulância

Norte de Minas – Gestão 2017/2020 do SAMU se encerra com renovação total da frota de ambulância

Norte de Minas – A gestão do presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência do Norte de Minas (Cisrun), Silvanei Batista, está se findando com inúmeras conquistas para a população do Norte de Minas e para os servidores da instituição. O primeiro prefeito a ser reeleito no Consórcio teve a missão de fazer a gestão do SAMU Macro Norte nos biênios 2017/2018 e 2019/2020.

Norte de Minas - Gestão 2017/2020 do SAMU se encerra com renovação total da frota de ambulância
Norte de Minas – Gestão 2017/2020 do SAMU se encerra com renovação total da frota de ambulância Ascom Samu Macro Norte | Jornal Montes Claros

 

Em 2017, a Administração do Cisrun conseguiu junto ao Governador de Minas, o que foi, até então, a maior renovação de frota da instituição. Na época, foram entregues ao órgão 26 ambulâncias 0 km, o que se traduziu em uma renovação de 55% das unidades que atuavam no Norte de Minas.

Em 2018, o Cisrun recebeu mais onze ambulâncias para a ampliação da cobertura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência no Norte de Minas. Com a entrega dos veículos, e a autorização do Ministério da Saúde, foi possível ampliar o serviço do SAMU Macro Norte em sua área de atuação, uma das bandeiras levantadas pelo atual gestor.

Os municípios de Bocaiuva, Monte Azul e Francisco Sá receberam Unidades de Suporte Avançado (USA). Já as cidades de Mirabela, Jequitaí, Olhos d’Água, Curral de Dentro e Verdelândia, que não possuíam bases do SAMU, foram contempladas com Unidades de Suporte Básico. A expectativa é de que, ainda este ano, o Cisrun implante duas unidades avançadas em Manga e Salinas e duas de suporte básico em Grão Mogol (na localidade de Vale das Cancelas) e em Jequitaí.

Em setembro de 2019, o SAMU recebeu mais cinco novas ambulâncias e, em 2020, houve a maior renovação de frota da história do Cisrun. Foram 39 novas viaturas recebidas do Governo Federal, o que representou um investimento de R$ 7 milhões. Com isso, foi possível renovar 70% das ambulâncias das bases do SAMU.

A conquista de cada ambulância para o serviço de urgência e emergência é de grande importância, uma vez que a vida útil dos veículos é abreviada em razão da utilização 24 horas por dia, sete dias por semana. As especificidades das vias do Norte de Minas ainda são responsáveis por um desgaste acelerado comparado com os veículos dos SAMUs das demais regiões. As viaturas percorrem estradas de terra com bancos de areia, com lama no período chuvoso, atravessam rios e enfrentam rodovias esburacadas.

O presidente do Cisrun conta que, com a chegada dos novos veículos, houve uma economia com os custos em manutenção da frota, o que representava um dos maiores gastos da instituição, o que proporcionou mais conforto e segurança aos pacientes e profissionais do SAMU. “O bom relacionamento com as autoridades das diversas esferas de poder, e vistas nas parcerias com o Governo do Estado e a União, foram essenciais em meus mandatos. Aprendemos a fazer mais com menos e conseguimos beneficiar à população do Norte de Minas e aos servidores da instituição de diversas maneiras“, conclui Silvanei com a tranquilidade da convicção do dever cumprido.