POS ON-LINE PUC MINAS

Tadalafila: composto para disfunção erétil, funciona mesmo?

A Tadalafila é um dos principais compostos buscados para o tratamento da disfunção erétil. Mas, será que funciona mesmo?

Os problemas causados pela disfunção erétil afetam o desempenho sexual e autoestima de muitos homens.

E, além disso, muitas vezes a impotência masculina também acaba afetando o relacionamento entre os parceiros.

Tadalafila: composto para disfunção erétil, funciona mesmo?

Dessa forma, compromete tanto a saúde física, quando a saúde mental do homem, afetando a sua qualidade de vida como um todo.

Quando isso acontece, poder contar com um bom remédio que resolva o problema, como este composto, pode ser a solução.

No artigo de hoje eu vou explicar para você os principais pontos sobre este suplemento e como ela funciona no combate a disfunção erétil.

Confira.

O que é a Tadalafila?

A Tadalafila é o nome de um medicamento desenvolvido especialmente para combater a disfunção erétil.

O medicamento é feito a partir de uma enzima presente nas paredes internas do pênis, da próstata e dos pulmões, que leva o mesmo nome.

Tadalafila: composto para disfunção erétil, funciona mesmo?

Este composto não é um remédio natural, e sim um medicamento sintético, mas é perfeitamente seguro para uso.

Também conhecido pelo nome de Cialis, o medicamento pode ser encontrado em comprimidos de 5mg e 20mg.

Realmente funciona?

A condição da impotência sexual se caracteriza pela dificuldade masculina e obter ou manter uma ereção.

Essa condição é um dos problemas de desempenho sexual mais comuns.

E a Tadalafila é capaz de reverter esse quadro porque aumenta de forma considerável o fluxo sanguíneo no pênis. Portanto, as suas propriedades incluem:

  1. Facilitar a ereção;
  2. Manter o pênis ereto por mais tempo;
  3. Aumentar a libido masculina.

Além disso, o suplemento só tem efeito em homens que estejam sexualmente excitados. Ou seja, ela entra em ação quando a excitação começar, e deixa de fazer efeito assim que a relação acaba.

Portanto, o uso do composto funciona mesmo. E é um dos melhores medicamentos para a disfunção erétil do mercado.

Todos os benefícios do suplemento

Graças as suas propriedades afrodisíacas e estimulantes, traz diversos benefícios, incluindo:

  • Aumenta o fluxo sanguíneo no Pênis;
  • Intensifica a reposta sexual masculina;
  • Proporciona mais prazer com o sexo;
  • Aumenta o desejo sexual;
  • Proporciona uma ereção mais potente e duradoura;
  • Ajuda a proteger a próstata e a musculatura da bexiga.

A Tadalafila também atua sobre os músculos da próstata, da bexiga e vasos sanguíneos.

Dessa forma, ajuda a amenizar sintomas do HPB. Condição que causa o aumento da glândula da próstata e que pode levar a dificuldades urinárias.

E para quem é indicada?

A Tadalafila é um medicamento com finalidade bem definida: tratar a disfunção erétil. Embora, também possa ser indicada para auxiliar no tratamento de hiperplasia benigna da próstata.

Tadalafila: composto para disfunção erétil, funciona mesmo?

Portanto, só é indicada para homens que sofram desse problema. Já homens saudáveis, que não tem disfunção erétil, não devem fazer uso desse medicamento.

Mas, isso não é tudo. No site da FarmaLivre.com.br, eles explicam que a Tadalafila se diferencia de opções mais conhecidas, como o Viagra.

Afinal, enquanto a famosa pílula azul tem duração de 6 horas, a substância age no organismo por até 36 horas.

Onde encontrar e como tomar

A Tadalafila pode ser facilmente encontrada em farmácias de manipulação e drogarias. Mas, é importante destacar que a substância só pode ser comprada com receita médica.

A dose recomendada é de 5gm (um comprimido) ao dia, de preferência no mesmo horário. Já a dose máxima permitida é de 20 mg, nesse caso ingerida antes da relação sexual.

Tadalafila: composto para disfunção erétil, funciona mesmo?

Já a duração do tratamento pode variar conforme a prescrição médica. Portanto, siga as instruções do seu médico.

Há alguma contraindicação?

Sim, o uso da tadalafila não pode ser feito por pessoas que tem doença renal, hipersensibilidade aos componentes e em pacientes que usam medicamentos com nitrato.

Além disso, ela apresenta alguns efeitos colaterais, como dor de cabeça, má digestão, tonturas, dor nas costas e vermelhidão na pele.

Os efeitos colaterais não se manifestam em todos os pacientes, e na maioria dos casos, se acham ausentes sempre que o medicamento é tomado de forma correta.

Mas, no caso de qualquer reação adversa, procure seu médico para orientações.

Concluindo

Para quem sofre de disfunção erétil a Tadalafila é sim uma opção válida, e bastante indicada.

Apenas, não esqueça: como mencionei, esse medicamento só pode ser usado mediante prescrição médica. Portanto, evite a automedicação.

Gostou das dicas? Aproveite para deixar seu comentário!