Últimas Notícias

Tudo sobre bitcoins: o que são e como podem ser usados?

Entenda de maneira simples e direta o que é Bitcoin e como adquirir a moeda digital 

A tecnologia avança a passos largos, principalmente no mercado financeiro. A criação das criptomoedas, também conhecidas como dinheiro virtual, vem tornando as negociações financeiras cada vez mais rentáveis.

O bitcoin é a moeda virtual mais conhecida no mercado de day trade, swing trade, position, entre outros. Comprar criptomoedas não é uma tarefa difícil, mas, assim como qualquer outra ação de investimento, ela oferece alguns riscos que precisam ser estudados para que a compra seja feita da melhor maneira possível.

Neste conteúdo, vamos falar tudo sobre o bitcoin, como ele funciona no mercado financeiro e como pode ser usado. Assim, você que pensa em entrar para o mundo dos investimentos online, saberá como a moeda digital funciona. Confira!

O que é bitcoin e para que ele serve?

O bitcoin é uma criptomoeda. Com ela é possível comprar e vender pela internet sem a necessidade do dinheiro físico que conhecemos. Diferente das outras moedas, como real, dólar e euro, o bitcoin só existe e pode ser utilizado no mundo virtual ou em estabelecimentos que aceitam a criptomoeda como forma de pagamento.

A criptomoeda surgiu em 2009 e foi a primeira moeda digital a circular pela internet. No ano em que foi criada, estávamos em plena crise econômica e muitos especialistas financeiros apostaram que a criação não seria uma boa alternativa. No entanto, atualmente existem diversos modelos de criptomoedas que são tão rentáveis quanto o dinheiro físico.

A moeda digital foi anunciada por um programador que nunca revelou a sua real identidade, mas que utiliza o pseudônimo Satoshi Nakamoto. No passado já houve diversas tentativas de criar uma moeda digital; por isso, quando o Bitcoin foi lançado, muitas pessoas desacreditavam dele.

Porém, sua característica mais importante — e que ajudou no processo de aceitação da moeda no mercado — é o fato de ser descentralizada. Mas o que quer dizer isso? É simples, o bitcoin não tem regulamentação alguma com empresa, banco ou governo. Dessa forma, a venda e compra da criptomoeda ocorre sem intermediários.

Como funciona o bitcoin?

O bitcoin é baseado no sistema de criptografia. Essa é a forma que garante o anonimato das transações em seu funcionamento atual. Além disso, como dito acima, ela não passa por regulamentações nem do governo nem de instituições privadas. Ela é negociada em seu próprio banco de dados conhecido como blockchain.

O processo de mineração dessa criptomoeda é realizado por meio de computadores. As máquinas trabalham para solucionar os problemas e, após a resolução, elas recebem um bloco de bitcoins.

As transações com essa moeda digital são realizadas por meio de um código composto de números e letras. Esse código recebe o nome de “endereço bitcoin” ou “endereço BTC”. Cada um desses endereços tem de 26 a 35 caracteres alfanuméricos e podem ser convertidos em QR codes para facilitar todo o processo.

Nas transações, tanto a identidade do comprador quanto a do vendedor se mantêm em sigilo por meio da criptografia, um sistema que codifica as mensagens enviadas pela rede para assegurar a segurança da informação.

Como comprar bitcoins?

Hoje em dia, existem três formas disponíveis no mercado para conseguir os bitcoins:

  • Comprar de quem tem a criptomoeda ou em uma corretora especializada;
  • Aceitando o bitcoin como forma de pagamento em seu estabelecimento;
  • Através da mineração com computadores.

Dentre as formas que falamos acima, a mais simples é através de uma corretora de criptomoedas. Elas são similares a uma casa de câmbio convencional, onde as pessoas trocam reais por dólar ou euro quando estão indo viajar. Porém, nesse caso, você faria a troca do valor em reais por bitcoins.

Assim como trocar o real por euro ou dólar, processo que exige atenção à cotação diária para garantir o melhor preço no negócio, com o bitcoin também é preciso cuidado. Ele tem dias de alta e baixa, como qualquer outra moeda, e exige cautela ao entrar no mercado.

Por fim, investir nesse novo mercado pode ser uma grande chance de fazer o seu dinheiro valer ainda mais. Portanto, fique atento às mudanças e a cada nova criptomoeda para investir seu capital de forma cada vez melhor.