Últimas Notícias

Produtos e serviços personalizados ganham espaço no mercado brasileiro

Poços de Caldas, MG 12/8/2021 – De acordo com estudo, seis em cada dez consumidores no mundo estariam dispostos a compartilhar dados pessoais em troca de preços menores de produtos e serviços

Consumidores estão cada vez mais dispostos a oferecer dados pessoais a empresas em troca de serviços e produtos mais individualizados; empreendedoras seguem tendência e criam empresa de recomendação personalizada de serviços financeiros

Quem assiste a filmes ou a séries na Netflix ou navega pelo YouTube em busca de vídeos interessantes já deve ter reparado como estes mesmos serviços são oferecidos para outros usuários de forma totalmente diferente. São os algoritmos que fazem com que haja uma personalização dos serviços oferecidos de acordo com os “rastros” deixados pelo usuário com suas escolhas (e renúncias). Este é apenas um dos exemplos mais práticos que ilustram o avanço da tendência da personalização e a da customização de produtos e serviços por parte de empresas.

Para poder receber estas ofertas “sob demanda”, o cliente oferece, em troca, seus dados pessoais. Assim, a partir de padrões de comportamento, preferências de compra e informações demográficas, é possível que sejam realizadas aproximações mais certeiras de empresas junto a seus públicos-alvo.

Em 2019, a empresa de tecnologia e serviços Applause revelou em pesquisa que 91% dos consumidores estavam inclinados a comprar de empresas que se lembravam deles e que eram capazes de fazer recomendações relevantes.

Outro indicativo desta tendência de personalização dos serviços e produtos por parte das empresas vem da companhia estadunidense Segment, que em 2017 apresentou uma pesquisa indicando que 49% dos consumidores já compraram produtos que não estavam planejando comprar somente por conta de uma recomendação personalizada de uma marca – além disso, 40% afirmaram ter comprado algo mais caro que o planejado devido a um atendimento individualizado.

Sendo assim, é natural que esta tendência tenha sido adotada nos mais diversos segmentos do mercado, como, por exemplo, em empresas da área financeira, cujas atuações têm ganhado cada vez mais força devido à crise econômica que atinge o país, em maior ou menor escala, desde o ano de 2014.

Mais dados do cliente, mais assertividade na oferta do serviço

De acordo com o Global Financial Services Consumer Study (“Estudo sobre consumidores de serviços financeiros globais”, em tradução livre) da empresa de consultoria Accenture, publicado em 2019, seis em cada dez consumidores no mundo estariam dispostos a compartilhar dados pessoais, informações sobre localização e estilo de vida com seus bancos e seguradoras em troca de preços menores de produtos e serviços.

Nesta gama de serviços oferecidos por companhias da área financeira, insere-se, por exemplo, o Financeiro Consulte, empreendimento que funcionava, em um primeiro momento, como um portal sobre serviços e produtos financeiros e que passou por uma transformação radical no ano de 2020. Na ocasião, as sócias Carla Vitti e Thuanne Urtado perceberam que apenas reunir as principais informações sobre os cartões já não era mais suficiente para o que os clientes ansiavam: era preciso avançar na oferta de um serviço mais personalizado.

“Nosso conteúdo já ajudava muita gente, mas entendemos que poderíamos fazer mais. Desenvolvemos, então, uma tecnologia que ajuda os usuários a encontrar um produto financeiro, principalmente cartão de crédito e empréstimo, que esteja de acordo com as suas expectativas e necessidades”, diz Vitti, trazendo em sua explanação o conceito norteador da oferta de serviços personalizados, a “troca” de dados pessoais por uma abordagem individualizada ao cliente.

Essa coleta de informações se dá por meio do preenchimento de um briefing, mas a recomendação de produtos e serviços ao cliente pode ser mais efetiva com a troca de mensagens por e-mail – com mais dados, maior a possibilidade de personalização de um serviço.

Para mais informações, basta acessar: https://financeiroconsulte.com

Website: https://financeiroconsulte.com/