Últimas Notícias

Novo morar: empresa aponta tendências das moradias do futuro

Cidade Pedra Branca, Palhoça / SC 23/8/2021 – Estamos atentos às mudanças do setor e acompanhamos as reais necessidades dos clientes para oferecer o melhor e sermos assertivos nas inovações apresentadas

O mercado imobiliário está passando por profundas transformações. Com a pandemia do novo coronavírus, a relação com a moradia mostra diversas tendências de mudanças.

Vários formatos de empreendimentos imobiliários surgem para atender as necessidades atuais dos consumidores. O Grupo Pedra Branca identificou e reuniu as principais tendências de moradia do futuro e apresenta as novidades do setor imobiliário.

A relação com a moradia e o surgimento de novos formatos de empreendimentos imobiliários trazem mais diversidade ao mercado imobiliário.

Segundo Marcelo Gomes, presidente do Grupo Pedra Branca, a tendência é que empreendimentos modernos e inovadores, como “coliving” e “moradia on demand”, por exemplo, sejam ainda mais procurados durante e no pós-pandemia.

Abaixo, 04 tendências de moradia do futuro que já estão no radar de empreendedores do ramo imobiliário:

Moradia “on demand” – oferta de serviço de moradia por demanda, através de uma plataforma digital de gestão e aluguel de apartamentos em que o usuário tem acesso a imóveis mobiliados e a serviços como limpeza semanal e pay-per-view.

Esse modelo de moradia já é uma forte tendência no Brasil e no mundo com a popularização da economia compartilhada que está transformando ativos em serviços.

“Student living” – esse modelo de moradia está cada vez mais em alta devido ao crescimento no número de pessoas interessadas em morar próximas de regiões centrais com opções de transporte público e conveniências.

O perfil de quem busca por estes empreendimentos, que, em geral, são compactos e exigem menos cuidados com manutenção, costuma ser de estudantes ou profissionais que moram sozinhos e valorizam a praticidade de bairros com infraestrutura completa.

Os lançamentos de apartamentos compactos têm se concentrado em áreas com boa oferta de serviços de transporte público, o que, por sua vez, tende a atrair um público mais jovem, que valoriza a facilidade de deslocamento.

“Coliving” – é um conceito de moradia compartilhada entre pessoas que buscam senso de comunidade, economia e um estilo de vida sustentável. Apesar desse tipo de moradia ser uma novidade no Brasil, deve se tornar uma forte tendência nos próximos anos.

Isso porque empreendimentos imobiliários que se inspiram no conceito de “coliving” são compactos com áreas comuns, como cozinha, lavanderia e até mesmo “coworking”.

Entre as principais vantagens desse tipo de empreendimento se destacam: economia de recursos, otimização do tempo, localização estratégica, comunidade com as mesmas afinidades, além do uso otimizado do transporte.

Pátio – empreendimentos que adotam o conceito de pátio contam com espaços coletivos de convivência que estimulam a vida em comunidade, proporcionando opções de lazer e entretenimento acessíveis e inclusivos, bem como ambientes de convivência que priorizam as pessoas.

Um exemplo desta modalidade é o Pátio Civitas, localizado no Passeio Pedra Branca (Palhoça / SC), um empreendimento com foco na coletividade. O modelo do empreendimento incentiva o uso compartilhado de espaços e, também, de utensílios e equipamentos.

Website: https://www.cidadepedrabranca.com.br