Últimas Notícias

Empresários explicam qual o melhor momento para iniciar o o “growth hacking” no negócio

São Paulo 27/8/2021 – Marketing Digital sem “growth hacking” é igual a uma Porsche sem piloto: pode até chamar atenção, mas sem piloto ela não te leva para lugar nenhum

Parte integrante do marketing digital e focado no crescimento acelerado das empresas, o “growth hacking” é uma estratégia empresarial que usa criatividade e indicadores para ganhar mais exposição no mercado.

Parte integrante do marketing digital e focado no crescimento acelerado das empresas, o growth hacking é uma estratégia empresarial que usa criatividade e indicadores para ganhar mais exposição no mercado. Por meio de habilidades, estratégias e processos digitais, busca rapidamente colocar em prática ideias que possam aumentar a qualidade da experiência dos clientes e evitar gastos com esforços que não funcionam.

“Estudo, recente, publicado pela rede social LinkedIn apontou que, entre as 15 categorias profissionais que mais devem contratar até o final de 2021, as profissões relacionadas com marketing digital receberam destaque. E uma das principais competências exigidas no segmento é o growth hacking”, esclarece Bruno Ruy, formado em Ciência da Computação pela USP, especialista em transformação digital, sócio da Auddas e ex-CGO da Paketá Crédito.

Pensando nisso, no próximo dia 02, às 19h, acontecerá a palestra “Growth hacking: qual o melhor momento para iniciar o seu negócio?”, com Bruno Ruy e Julian Tonioli, fundador da Auddas, engenheiro pela USP, investidor-anjo e BoD member no setor de tecnologia, serviços e varejo. Na ocasião, serão mostrados como implementar as estratégias de Growth em um negócio, além de definir growth hacking, sua aplicação e como explorar o crescimento via produto, marketing ou vendas. Os empresários abordarão, ainda, como compor um time de Growth, MVP e alavancas de crescimento e as principais métricas: LTV, CAC, PMF.

“Falar do momento certo para implementar o growth hacking é o nosso foco, porém não podemos deixar de lado a importância de uma boa estratégia. Que deve ser executada com uma metodologia adequada, incluindo objetivos, metas, métricas e indicadores chave de desempenho do negócio”, complementa Tonioli. Para aplicar a metodologia é necessário compor um time com talentos complementares: como analistas de marketing, desenvolvedores, engenheiros e gerentes de produto, com foco na gestão da base de clientes e usuários da companhia. Mesmo nascendo dentro de um ecossistema extremamente diversificado e dinâmico das startups, o growth hacking demonstrou eficiência e eficácia no ambiente corporativo e, igualmente diverso, da gestão estratégica nas grandes empresas. Afinal, marketing digital sem growth hacking é igual a uma Porsche sem piloto: pode até chamar atenção, mas sem piloto ela não te leva para lugar nenhum”, complementa Ruy.

As inscrições, que são gratuitas, podem ser feitas pelo: https://conteudo.auddas.com/webinar-growth-hacking#rd-form-joq3m2m5.

Website: http://www.auddas.com