Últimas Notícias

Erros ao tirar o seguro do seu veículo que pode custar ainda mais do que a apólice do mesmo

Erros ao tirar o seguro do seu veículo que pode custar ainda mais do que a apólice do mesmo
Divulgação

 

Considerando o número de apólices e cláusulas, bem como as seguradoras existentes, a contratação de cobertura para o veículo não é uma tarefa fácil. Para dizer a verdade, às vezes parece que temos que ter uma aula para alcançar isso sem ser enganado.  De fato, as seguradoras sabem que a maioria dos clientes são inexperientes no assunto e brincam com os termos de seu benefício. Por isso, geralmente acontece que a pessoa acaba contratando uma apólice sem saber exatamente o que está pagando.

Portanto, é ainda mais comum cometer certos erros no momento em que você obtém uma apólice sem conselhos adequados. É por essa razão que os especialistas da https://www.compareemcasa.com.br/, compartilham algumas sugestões para evitar os erros mais comuns, para que você possa ficar alerta e detectá-los antes de assinar a apólice para o veículo.

Antes de mais nada, é importante ter em mente que nem todos os seguros cobrem o mesmo, ou seja, no caso de cobertura integral, só é responsável pelo veículo segurado após sofrer um acidente. Já o seguro contra terceiros ou responsabilidade civil, não apóia os próprios danos, mas sim os percalços que seu veículo tenha causado a outrem ou a algum serviço público. 

Não dar cobertura dos equipamentos que foram adicionados ao veículo

Quer você não saiba ou acredite que seria uma ótima ideia economizar dinheiro não declarando ou fazendo seguro de equipamentos ou acessórios extras, tenha em mente que estes não são aqueles que o veículo traz de fábrica. É por isso que, para obter compensação no caso de roubo, o mais conveniente é assegurá-los, onde embora eles tenham um custo extra você pode ter certeza de que não será uma perda total. Entre eles, você pode encontrar, telas multimídia, rodas de liga ou equipamentos de som, no contexto de tê-lo incorporado e não ser o original.

Não informar sobre as pessoas que usam o veículo

No momento em que ocorre um acidente, um dos primeiros requisitos que a empresa exige para examinar o pagamento dos danos são os documentos do segurado. Portanto, é necessário que os motoristas que utilizam o veículo tenham todos os documentos em ordem e atualizados. Da mesma forma, eles devem ter a carteira de motorista válida, caso contrário, a seguradora poderia entrar com uma sanção, e até mesmo negar legalmente a cobertura.

Inventar ou fornecer informações falsas no formulário da seguradora

No momento em que contratar uma apólice, terá que preencher um formulário que você deve responder honestamente e com as melhores intenções. No caso de declarar coisas que não são inteiramente verdadeiras, será motivo suficiente para a empresa rejeitar a cobertura e cancelá-la por fornecer dados falsos. Como resultado, em caso de acidente, você ficará indefeso e terá que ser responsável tanto por seus próprios danos, quanto pelos do veículo envolvido mais despesas médicas.

Concentrar-se mais no custo da apólice do que na cobertura oferecida por ela.

Para isso, você pode solicitar cotações de várias empresas e comparar o que cobre e o custo de cada uma. Dessa forma, você pode escolher o seguro mais barato e, ao mesmo tempo, aquele que melhor se adequa às suas necessidades e orçamento.

Como mencionamos no início, nem todas as coberturas cobrem o mesmo, portanto, é importante rever cada uma delas e obter conselhos para saber qual se adequaria melhor de acordo com suas exigências. Você nunca deve contratar uma apólice focada no custo. Embora pareça difícil de acreditar, é um dos erros mais comuns e frequentes, o que causaria enormes dores de cabeça no momento em que é vítima de um acidente. 

Deve-se notar que outro dos erros mais frequentes é não pagar a taxa no prazo. Se você não agir da maneira adequada, não só o veículo ficará sem cobertura, e tanto você quanto aqueles ao seu redor estarão em perigo, mas também podem receber uma infração por dirigir sem a proteção mínima necessária, com uma multa significativa.