Últimas Notícias

Empreendedores apostam em mentores de negócios para crescimento

Juiz de Fora 20/10/2021 –

Aumento exponencial na busca por empresários que auxiliem novos empreendedores a se estabelecer no mercado é uma realidade global

Na hora de empreender, é preciso que se leve em consideração diversas questões, principalmente o caos do cotidiano pessoal aliado às resoluções, metas, investimentos e anseios do negócio. Não é tarefa fácil tocar uma empresa, seja ela de pequeno, médio e grande porte, e é em meio a esses problemas, que muitas vezes são finitos, mas mais parecem não ter fim, que surge a ideia de se aliar a uma mentoria que pode entregar muito valor a quem precisa.

Mas a ideia de ter um norte para tacadas mais certeiras no mercado é uma boa solução até quando a aspiração de empreender é embrionária.

Clério Rios, CEO da holding mineira Nível 3 TI, enxerga a mentoria como uma relação professoral, dizendo que “é claro que não somos infalíveis, mas diminuímos as chances de cometer erros, apontando falhas na estratégia e mostrando caminhos inexplorados para o negócio” e completa “aqui iniciamos um programa para projetos embrionários, que pode se enquadrar em MEI ou até empresas de médio porte, justamente para dar suporte as ideias. As pessoas precisam de direcionamento”.

De acordo com um estudo feito pela ABMEM – Associação Brasileira dos Mentores de Negócios, essa é uma realidade em ascensão no Brasil, trazendo a lume o seguinte dado: o número de mentores de negócios esse ano disparou de 78% em comparação ao ano de 2016, saindo de uma amostragem de oito mil para 35 mil mentores. A média de crescimento é de 19,5% ao ano, com expectativas de expansão em longo prazo, segundo a visão da associação.

Foi através das epopeias do jônico Homero (928 — 898 a.C.), no épico “Odisseia”, que o personagem Mentor ganhava significado e posteriormente definição nos dicionários, remetendo a alguém que possua expertise e experiência na arte de orientar.

O processo de mentoria inclui apoiar, subsidiar com dados e informações, levar à reflexão e estimular a aprendizagem organizacional a partir de uma lógica de troca de experiências.  Não existe mentoria sem experiência de mercado, ela é crucial quando se trata de resolver, com eficácia e durabilidade, as questões dos empreendedores.

Segundo dados recentes do GEM/SEBRAE/2019 existem 46,9 milhões de empresas ativas no Brasil e cerca de 62 mil empreendedores e 6 mil startups inovadoras em tecnologia, segundo a Associação Brasileira de Startups. Cada nova startup criada, ou empresa que deseja se transformar, necessita de um ou mais Mentores de Negócios.

Mais e mais empreendedores buscam os programas estatais e os privados para empreender suas ideias de soluções para problemas dos mais diversos matizes, engajando-se neste gigantesco movimento global.

Um dos desafios contínuos dos empresários e líderes de equipes é fazer a escolha adequada sobre que direção estratégica seguir, imaginando uma visão de futuro, a fim de registrá-la e compartilhá-la com a equipe.

Website: https://www.nivel3ti.com.br/