Últimas Notícias

Venda de imóveis do programa Casa Verde e Amarela crescem na capital paulista

25/10/2021 –

Prédios inteligentes em regiões como Freguesia do Ó e Itaquera vão atender a famílias com renda a partir de R$ 2,8 mil

Apesar da crise acarretada pela pandemia, o mercado imobiliário vem se destacando como um dos setores da economia que mais cresceram no período. Seguindo essa tendência, a CASA8, incorporadora focada no mercado de São Paulo, registrou um crescimento nos empreendimentos populares atendidos pelo programa Casa Verde e Amarela.

Através de uma parceria com a italiana Planet, empresa de construção de cidades inteligentes em todo o mundo, a incorporadora está lançando na capital paulista os condomínios verticais, além de oferecer qualidade de vida de forma acessível a pessoas com renda familiar a partir de R$ 2,8 mil. A parceria é exclusiva para construção de condomínios inteligentes verticais em São Paulo, que inclui tecnologias importadas e forte viés social, a projetos populares do Casa Verde e Amarela.

O primeiro condomínio Viva!Smart será construído na Freguesia do Ó, com 505 unidades. As obras terão início em outubro e a entrega tem previsão para 2023. Além desse, será lançado mais um em Itaquera. Nesses dois primeiros condomínios Viva!Smart, estão distribuídas mais de mil unidades residenciais e ainda há previsão de lançar pelo menos mais dois projetos em 2022.

Uma empresa relativamente nova no mercado, a CASA8 atua com foco em produtos de entrada e de médio padrão e faz parte do grupo Inloop, holding fundada em 2015 por profissionais com larga experiência no mercado imobiliário e que hoje administra outras três empresas: A TEEG, que atua na gestão da construção; a Monollito, incorporadora de empreendimentos de alto padrão e a imobiliária Lado8. Em constante crescimento e com alto número de contratações, o grupo já cresceu 53% do seu quadro de colaboradores, somente do início do ano para cá.

​​O primeiro empreendimento do grupo com a Planet, foi um termômetro para o sucesso da parceria, já com alguns itens Smart no projeto, esgotou em 10 meses, menos da metade do tempo médio observado no mercado, que costuma levar 24 meses. Todas as 240 unidades do Aquarela Bela Vista SP, com preços populares e financiadas pela Caixa Econômica Federal, foram vendidas e entregues.

Condomínios inteligentes têm sustentabilidade e vida social como destaques

Os imóveis inteligentes são compactos: as plantas variam entre 30 e 50 metros quadrados. Mas estão longe de ser básicos. O conceito smart leva serviços e comodidades presentes nos empreendimentos mais modernos do mundo, com conectividade e valorização das áreas de lazer comunitárias (salão de festas, churrasqueira, brinquedoteca, piscina, espaço gourmet, espaço coworking, biblioteca de objetos). Tudo isso em uma localização de fácil acesso à mobilidade urbana e com serviços básicos, como mercados e farmácias na vizinhança.

“Com as novas taxas de crédito, pessoas com renda abaixo de R$ 3 mil podem participar do financiamento de um empreendimento como o de Itaquera. E acesso a imóveis inteligentes, com circuito integrado de seguranças de serviços”, diz Eduardo Peralta, CEO da Inloop. A empresa tem linha de crédito da empresa aprovada pela Caixa Econômica Federal de R$ 170 milhões.

Os condomínios contam ainda com o Planet APP, que permite troca de serviços entre os moradores, monitoramento do condomínio, jogos sociais, gestão de grupos e informações de mobilidade sob demanda.

“Entendemos que o simples é bem diferente do simplório. Os acabamentos das habitações sociais são de primeira linha e os moradores contarão com uma infraestrutura ímpar. Por isso, fazemos questão de participar do empreendimento do começo ao fim: para nos certificar de que todos os padrões de qualidade estão sendo seguidos”, completa.

Website: https://www.inloop.com.br/