Últimas Notícias

Desafio Tecnológico de estímulo ao manejo sustentável tem inscrições abertas

Salvador, BA 10/2/2022 – Desafio Tecnológico busca soluções inovadoras voltadas para redução de riscos ambientais, redução dos custos com manejo e geração de negócios verdes

Concurso irá subsidiar em até R$ 100 mil projetos que desenvolvam soluções tecnológicas para o Inventário Florestal no Manejo Sustentável da Cabruca

O Brasil é considerado um dos países com maior riqueza natural. Porém, entre os anos de 2019 e 2020 os índices de desmatamento na Mata Atlântica foram alarmantes. Um levantamento feito do Atlas da Mata Atlântica, conduzido pela Fundação SOS Mata Atlântica, em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe), revelou que 13 mil hectares de floresta foram desmatados, colocando em risco de desaparecimento uma das maiores biodiversidades do planeta e junto com ela a exuberante fauna brasileira. Por isso, a busca por meios mais sustentáveis de sobrevivência é essencial.

No sul da Bahia, onde uma das principais fontes de renda é o cacau, muitos produtores já fazem este papel de conservação dos remanescentes florestais, por entenderem que a melhor forma de cultivo do cacau é em associação com a sombra das árvores. Originando, assim, o conceito do Sistema Cabruca. 

Pensando em manter o funcionamento desse Sistema de forma ainda mais sustentável, aumentando a geração de negócios verdes, reduzindo os custos de manejo e utilizando o inventário florestal como modelo de produção sustentável para a Cabruca é que foi criado o Desafio Tecnológico. Projeto desenvolvido pelo Sebrae e sistema Faeb/Senar, com o intuito de fomentar soluções tecnológicas sustentáveis, levando mais desenvolvimento e renda para a população do sul da Bahia. 

Podem participar startups, empresas de tecnologia, grupos e instituições de pesquisa que tenham interesse em buscar soluções tecnológicas para o manejo sustentável do Sistema Cabruca.

As inscrições podem ser feitas pelo site www.DesafioTecnologico.com.br/InventarioFlorestal até o dia 07 de março e os participantes concorrem a mentorias, cursos e um aporte de até R$ 100 mil para colocar o projeto em prática.

A Cabruca

A Cabruca é um sistema ecológico de cultivo agroflorestal, caracterizada por estabelecer uma relação de consórcio entre a cultura implantada e o ecossistema remanescente, contribuindo, assim, para a conservação das regiões onde o cultivo ocorre. O manejo é feito com o uso de recursos naturais, sob a sombra de espécies nativas da floresta original, sendo uma importante ferramenta para a manutenção da biodiversidade. 

Sua prática evoluiu a ponto de se tornar um sistema agrossilvicultural de produção que apresenta vantagens agroambientais sustentáveis para o meio ambiente e para a população.

Desafio Tecnológico

As propostas devem conter: 

  • Tecnologias de campo ou sensoriamento remoto para realização do inventário florestal em áreas da Cabruca na região sul da Bahia; 
  • Ferramentas para o processamento de dados de inventários florestais para geração de prescrições de manejo que conciliam a produção cacaueira, florestal e recursos que integram o inventário florestal;
  • Processamento e análise de dados e produção de relatórios customizados para o licenciamento da atividade de manejo florestal na Cabruca.

Etapas

Os projetos viáveis selecionados passarão por 3 etapas: Fase de Seleção, Primeira Fase (Conceito), e Segunda Fase (Implantação). 

A primeira fase terá capacitação online dos participantes para se familiarizarem com o programa, em seguida, esses terão que fazer uma apresentação sumária de 3 a 5 minutos, em formato Pitch para banca técnica, empresarial e institucional.

Após a classificação na primeira fase, as empresas/startups/equipes irão adequar suas soluções ou produtos ao contexto de negócios do programa. Para isto contarão com o apoio de mentores especializados, além de apoio de assessoria contratada para o programa de inovação aberta.

Neste período, empresas/startups/equipes irão a campo, farão duas viagens de 3 a 4 dias com sua equipe, aplicando, na prática, a solução proposta e validada pela banca do programa. Após o período de campo, as equipes devem apresentar os resultados de suas soluções à banca avaliadora, com o objetivo de demonstrar sua efetividade. Vale ressaltar que só serão beneficiados os projetos que apresentarem viabilidade técnica.

Subsídio

O programa vai beneficiar os 3 primeiros colocados com: viagem para capacitação, conexão e entendimento dos desafios a serem enfrentados; viagem para teste prático da solução com passagem e hospedagem, mentorias e acesso aos produtores, cursos específicos e um aporte de até R$ 100 mil para o desenvolvimento da solução tecnológica.

Regulamento

Regulamento completo do Desafio Tecnológico no site www.DesafioTecnologico.com.br/InventarioFlorestal

Mais informações para a imprensa:
+55 71- 98324-4100 – Jornalista Responsável Vivian Cangussú 

Website: http://desafiotecnologico.com.br/InventarioFlorestal/