Últimas Notícias

O que fazer durante uma crise de ansiedade?

Uma crise de ansiedade é uma situação no mínimo desconfortável que pode despertar sentimentos como preocupação, angústia e medo. Ter muitas crises de ansiedade pode atrapalhar seu cotidiano e várias áreas de sua vida, como pessoal, acadêmica e profissional.

Por outro lado, muitas crises de ansiedade seguidas podem ser um alerta para você procurar um psicólogo ou um psiquiatra. É possível conviver com sintomas de ansiedade, no entanto você terá que ter um acompanhamento especializado, com tratamento medicamentoso e psicoterapia, dependendo do caso.

Uma crise de ansiedade é a ansiedade extravasada em sua intensidade mais forte. Crises de ansiedade são normais em milhares de pessoas pelo mundo.

Uma crise de ansiedade tende a ocorrer em situações inesperadas, em que você não sabe como reagir. Ela também pode aparecer em situações de extremo medo ou preocupação.

Quando a ansiedade fica muito alta, você pode ficar preocupado, nervoso e em estado de alerta. Dessa forma, as crises de ansiedade podem se tornar frequentes em sua vida. A ansiedade é uma doença que estimula a produção de cortisol que é o hormônio do estresse. As constantes crises de ansiedade podem trazer prejuízos para sua saúde mental e física.

Por isso, você está mais suscetível a desenvolver doenças psicossomáticas e outras doenças mentais, como esgotamento psicológico e sensação de fadiga mental e física.

Depois de ter muitas crises de ansiedade, é normal ficar com medo de ter outras, principalmente em locais públicos. Por isso, é comum você se afastar de amigos, familiares e até evitar sair.

As crises de ansiedade podem ser tratadas e curadas. Por isso, não vive com medo, preocupado, ansioso ou nervoso. Siga as dicas abaixo para amenizar as crises de ansiedade.

1. Respire de forma calma

Inspirar e soltar o ar profundamente pode ajudar você a relaxar em qualquer crise de ansiedade. Isso é muito necessário para comunicar ao cérebro que nada de errado está ocorrendo. Dessa forma, sua crise de ansiedade tende a ser amenizada.

Durante uma crise de ansiedade, puxe o ar devagar pelo nariz e solte o ar pela boca lentamente. Você pode segurar o ar por três segundos e repetir o procedimento.  Vale colocar a mão no peito para distrair a mente com os movimentos repetitivos do corpo. A distração é fundamental para passar por uma crise de ansiedade.

2. Faça algo para se distrair

Ao ter uma crise de ansiedade, não entre em pânico e não mantenha sua concentração nos sintomas. Em vez disso, procure uma distração. Você pode parar para assistir uma série, um filme ou um vídeo no Youtube.

Também vale acessar as redes sociais só para pensar em outra coisa. Fique perto de familiares ou amigos e converse um pouco. Você também tem a opção de fazer uma caminhada, algum exercício físico ou fazer alguma tarefa doméstica.

Caso você esteja em um lugar público, vale brincar com uma caneta entre os dedos, com um brinquedo que tira o estresse ou até uma arruela borracha. O fundamental é se distrair dos sintomas da crise de ansiedade.

3. Converse com alguém querido

Você pode conversar com um familiar, um amigo ou até um colega durante sua crise de ansiedade. Se você estiver em um lugar em que não tenha ninguém para conversar, use o WhatsApp ou faça uma ligação telefônica para uma pessoa querida.

Isso vai distrair sua mente de sua crise de ansiedade. Dependendo da pessoa, você poderá até desabafar sobre isso.

4. Combata os pensamentos negativos

Uma crise de ansiedade é acompanhada de pensamentos negativos e obsessivos que não fazem sentido quando analisados com racionalidade. Você pode ficar perdido em meio a tantos pensamentos pessimistas e trágicos. No entanto, dê uma atenção especial aos seus pensamentos. Analise cada um deles para atestar sua credibilidade.

Se você quiser, pode escrevê-los em um papel e também anotar os motivos desses pensamentos não fazerem sentido. Use a lógica e a racionalidade para combater os pensamentos negativos. Em geral, eles são muito exagerados e só trazem cenários pessimistas para sua mente.

Por isso, é tão importante analisar os pensamentos e dar novos significados para eles. Se você estiver com medo de ter um ataque cardíaco, por exemplo, basta lembrar com racionalidade que essa é apenas uma crise de ansiedade passageira.