Últimas Notícias

Segundo pesquisa, mercado de consultoria cresce mais do que a média do mercado

Campinas, SP 31/3/2022 – O aumento do interesse das empresas em contratar um serviço de consultoria tem relação direta com o crescimento da exigência de melhores padrões de qualidade

O Brasil tem a maior taxa de empreendedorismo de todas as economias com mais de 50 milhões de habitantes, tornando um mercado fértil para as empresas de consultoria.

Segundo última pesquisa publicada pelo Laboratório de Consultoria, órgão ligado à Associação Brasileira de Consultores (ABCO), a expectativa de crescimento das empresas de consultoria para 2021 foi de 14%, número bem superior ao valor de 4,5% do PIB brasileiro.

Tal crescimento acima da média é atribuído à vocação empreendedora do país, uma vez que segundo a pesquisa do Laboratório de Consultoria, 76,7% das novas contratações virão do setor privado, sendo a maior taxa de empresas de serviço, correspondendo a um acréscimo de 74%. Segundo o Global Entrepreneurship Monitor (GEM), que há mais de 11 anos publica pesquisas mundiais sobre empreendedorismo, o Brasil permaneceu em 2021 com a maior taxa de empreendedorismo entre todas as economias com mais de 50 milhões de habitantes. A publicação também aponta que apesar da quantidade de empreendedores no país, o resultado financeiro das empresas não acompanha o ranking, por falta de produtividade e competitividade, tornando o cenário de atuação das empresas de consultoria bem fértil.

“O aumento do interesse das empresas em contratar um serviço de consultoria tem relação direta com o aumento da exigência de melhores padrões de qualidade no consumo de bens e serviços em geral”, cita a Igor Furniel, CEO da Templum Consultoria Digital. “As pessoas estão mais conscientes, fazendo uma seleção natural das empresas. Aquelas que não estiverem adequadas, estão fora do jogo”, ressalta.

Perspectivas de crescimento do mercado, apesar dos novos desafios.

Apesar do dado promissor, o mercado está enfrentando um grande desafio para manter-se atualizado com a aceleração da transformação digital, resultado da pandemia de Covid-19. Estudo publicado pelo MIT Technology Review em 2021, indica que 45,7% das empresas brasileiras já estão implementando formalmente um processo de transformação digital, 30,5% estão na fase de desenvolvimento de abordagem e somente 1,9% das empresas não têm um plano formal para esta mudança.

O desafio enfrentado é que os consultores autônomos e as pequenas consultorias somam mais de 83% do mercado de consultores, conforme indicado pelo Laboratório de Consultoria, e ainda não estão adequados à essa nova realidade. “Além do fator tecnologia, por não estarem integrados neste contexto digital, os consultores analógicos não estão munidos do repertório de soluções deste novo ambiente para que possam trazer soluções reais à nova forma de trabalho”, cita a Daniela Albuquerque, Head de Expansão da Templum Consultoria Digital.

Investimento na digitalização para manter o crescimento

As grandes empresas de consultoria já começaram a investir na digitalização da atividade há alguns anos, seja com soluções disponíveis no mercado ou com soluções internas.

“Se não houver uma solução rápida de digitalização das pequenas consultorias, o mercado brasileiro de forma geral perde muito, porque são elas que atendem as pequenas e médias empresas que não possuem capital para contratar as maiores empresas do mercado”, reforça Daniela Albuquerque. “Como alternativa à esta realidade, a aquisição de franquias com modelos de negócios já estruturados pode ser uma solução a ser analisada”, explica.

O movimento de “revolução tecnológica” está só no começo e muitas transformações ainda estão por vir. As empresas que ultrapassarem este ponto de não retorno entre o analógico e o digital encontrarão um cenário fértil de atuação, conseguindo manter as altas taxas de crescimento atuais, com base nas atuais e nas novas necessidades do mercado.

Website: https://franchising.templum.com.br/