Últimas Notícias
Legumes em bancadas no mercado

Quanto ganha um jovem aprendiz no supermercado

Atualmente, a faixa salarial média do jovem aprendiz fica entre R$ 440,19 a R$ 840,00. Todavia, o salário pode variar de acordo com a empresa contratante e a quantidade de horas trabalhadas.

O que é jovem aprendiz?

Jovem aprendiz, ou Aprendiz legal, é uma lei que determina que todas as empresas de grande e médio porte devem contratar de 5% a 15% de jovens entre 14 e 24 anos no cargo de aprendizes. Existem diversas empresas que oferecem o programa aos jovens, como a Caixa econômica, Bradesco, Itaú, mercado Cidade Canção, entre outros. O intuito do programa Jovem Aprendiz é incluir os jovens socialmente no mercado de trabalho para desenvolver conhecimento e habilidades práticas e teóricas, preparando-os para adentrar ao mercado de trabalho com sucesso. Ademais, esse programa beneficia não só os jovens que estão a procura do primeiro emprego, mas também as empresas. Isso porque, as empresas têm a oportunidade de ter uma ampliação cultural empresarial, o que consequentemente capacita novas pessoas a se tornarem potenciais talentosos no mercado de trabalho.

Como ser um jovem aprendiz

Existem alguns requisitos para se tornar um jovem aprendiz como, ter entre 14 e 24 anos, estar cursando o ensino fundamental ou médio, além de manter frequência nas atividades práticas e teóricas que o programa oferece, e por fim, manter um bom desempenho escolar e profissional. Isso porque, o intuito do programa é auxiliar jovens estudantes a conciliar trabalho com estudos, por isso, a frequência e o desempenho escolar são tão importantes.

Como funciona o jovem aprendiz

O contrato do programa Jovem Aprendiz, regulamentado por Lei, é formalizado através de um contrato trabalhista que pode ter duração de até 2 anos. Além do Aprendiz Legal trabalhar e exercer suas funções na empresa, também devem ser ofertados cursos profissionalizantes para complementarem a formação de cada jovem, para que haja maior capacitação e aprendizado teórico e prático. Ademais, a carga horária de trabalho pode variar de 4 a 6 horas diárias, para que não haja empecilhos no andamento das atividades escolares. Todavia, em alguns casos é permitido a jornada de trabalho de 8 horas diárias, por exemplo, quando o jovem já terminou de cursar o ensino médio.

Quais as vantagens de contratar um jovem aprendiz

Existem inúmeras vantagens de contratar um aprendiz legal, como a possibilidade de desenvolvimento do perfil profissional do jovem conforme os objetivos da empresa, visto que a empresa pode capacitá-los e ensiná-los a se tornarem profissionais de sucesso. O combate ao trabalho infantil também é outra vantagem de se contratar um aprendiz legal, isso porque atualmente há cerca de 38 milhões de crianças e jovens trabalhando ilgealmente no Brasil. Por isso, o programa jovem aprendiz é demasiadamente importante, visto que ele também diminui a evasão escolar de jovens e adolescentes. Tudo isso possibilita mais educação e qualidade de vida para os jovens brasileiros. Além disso, a empresa se isenta de pagar multas rescisórias e o pagamento do FGTS é de apenas 2%. Portanto, o programa aprendiz legal beneficia tanto os jovens, que têm o direito estudantil garantido, quanto as empresas, que podem investir ainda mais no rejuvenescimento do ambiente trabalhista.

Como fazer um bom currículo do jovem aprendiz

Agora que você já conhece todos os benefícios, vantagens e direitos do jovem aprendiz, e tem interesse em procurar uma vaga no programa, mas não sabe como fazer um bom currículo, nós vamos te ajudar a fazer um excelente currículo.

Escolaridade

Bom, como você sabe, a formação e frequência escolar são um dos principais requisitos para você entrar no programa jovem aprendiz. Visto que, sem cursar o ensino fundamental ou médio, a não ser que você já tenha concluído, você não pode ser contratado pela empresa. Por isso, informar sua escolaridade é muito importante na hora de montar o seu currículo de sucesso. Desse modo, você deve informar seus dados escolares atualizados e verdadeiros, pois, todos os seus documentos deverão ser compatíveis com seu currículo, inclusive histórico escolar e comprovante de frequência.

Objetivo

Todo currículo deve ter um campo onde você coloca quais são os seus objetivos a partir daquele emprego. Você deve inserir quais são suas metas, e o que você espera ao ser contratado. Caso seja seu primeiro emprego, você pode falar que deseja aprender coisas novas, se capacitar profissionalmente etc. Esse campo é importante para que a empresa saiba quais são seus objetivos e se esses são compatíveis com os objetivos da empresa.

Cursos complementares

Nesse campo, você deve informar quais são os cursos que você fez complementarmente, como informática, excel, word, idioma, etc. Isso tudo é um diferencial do seu currículo, visto que a grande maioria dos seus “concorrentes” também estão em busca do primeiro emprego. Os cursos online também contam pontos importantes na hora da empresa analisar seu currículo, existem diversos cursos online grátis que você pode fazer, desde administração e gestão de tempo, marketing pessoal, informática básica, etc. Tudo isso te ajudará a conseguir seu primeiro emprego.

Erros ortográficos

Ademais, é extremamente importante que você tente cometer o mínimo possível de erros ortográficos, isso porque ao analisar seu currículo a empresa estará atenta a esses pequenos detalhes. Por isso, caso surja alguma dúvida a respeito da palavra escrita, pesquise no Google, ou se preferir, peça para algum amigo com conhecimento revisar seu currículo.