Últimas Notícias
plantar orquídeas

5 Dicas para plantar orquídeas

Quer ter um jardim bonito e não sabe como plantar orquídeas? No Brasil já foram encontradas cerca de 2.350 espécies desta flor. No entanto, acredita-se que esse número esteja na verdade em torno de 3.000.

O Brasil é, portanto, o país com o terceiro maior número de espécies de orquídeas do mundo, de acordo com Hashimoto, do Coroa de Flores em Belo Horizonte. Além disso, o mercado de flores no país cresce em ritmo acelerado, sendo a orquídea uma das plantas que mais chamam a atenção. Mas, como plantar orquídeas e manter as flores sempre bonitas?

1 – Preste atenção às condições meteorológicas

As orquídeas se dão bem em condições de semi-luz, idealmente a uma temperatura média de 25°C e umidade relativa de 50% a 80%.

Mas, em geral, eles podem suportar grandes mudanças de temperatura de 10°C a 30°C, desde que não sejam expostos a condições extremas por um longo período de tempo.

2 – Escolha um local

As orquídeas não crescem bem sob luz direta prolongada ou calor. Portanto, se você mora em uma área quente com sol forte, é melhor praticar em um local sem luz solar direta, e não em um local com luz solar durante a parte mais quente da tarde.

3 – Selecione o vase certo

Por incrível que pareça, alguns gêneros de orquídeas (Aranda e Mokara) são cultivados em canteiros.

Existem também alguns gêneros que podem ser plantados em troncos de madeira, como Phalaenopsis, Oncidium, Dendrobium, etc.

No entanto, é mais comumente cultivada em vasos. Elas podem ser feitas de diversos materiais: argila, polietileno (plástico), fibra de coco (tapetes) ou até recipientes especiais de madeira ou cerâmica.

4 – Fique de olho no material de base

Com algumas exceções, as orquídeas não precisam de terra para sobreviver, mas sim de um substrato. Portanto, compre um substrato que proporcione boa aeração para suas plantas pequenas.

5 – Obtenha as melhores mudas

A melhor forma de conseguir mudas de orquídeas, principalmente para iniciantes, é por meio de pseudobulbos ou rebentos, também conhecidos como batata-terra ou batata-bebê. Basta removê-los da orquídea que você deseja propagar no final da floração.