Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Eleições 2014 – Representantes de 24 países devem acompanhar eleições no Brasil

Representantes de pelo menos 24 países, além de membros do Parlamento Brasileiro do Mercosul (Parlasur) e de organismos internacionais como a Organização dos Estados Americanos (OEA), já confirmaram presença no Brasil durante as eleições no dia 5 de outubro. O objetivo das comitivas, entre as quais estão Angola, Zâmbia, Nicarágua, Canadá, Romênia e República Dominicana, é saber como funciona a votação por sistema eletrônico.

Eleições 2014 - Representantes de 24 países devem acompanhar eleições no Brasil
Eleições 2014 – Representantes de 24 países devem acompanhar eleições no Brasil

Os custos com hospedagem e passagem aérea são de responsabilidade dos interessados. A programação do grupo, que reunirá mais de 60 pessoas, começa quinta-feira (2), três dias antes do pleito, e inclui palestras sobre a organização das eleições gerais no Brasil e visitas ao Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal e ao Museu do Voto, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Tudo com tradução simultânea em inglês, francês e espanhol.

No dia da eleição, eles acompanharão a votação nas zonas eleitorais. “Eles poderão ver a abertura das urnas, o desenrolar da votação, o fechamento das urnas e, finalmente, a totalização dos votos no TSE”, explicou à Agência Brasil o chefe da assessoria de Assuntos Internacionais do TSE, Tarcisio Costa.

Ainda segundo o assessor, ao contrário de anos anteriores em que acadêmicos e integrantes de organizações não governamentais também acompanharam a votação, este ano apenas autoridades eleitorais de países-membros das Nações Unidas foram convidadas a conhecer o sistema de votação brasileiro.

Apesar de o TSE ter oferecido seis opções de capitais para que os convidados acompanhassem o dia de votação, todos os interessados, com exceção da comitiva camaronesa que vai a São Paulo, preferiram Brasília.

“Esse grau elevado de resposta [ao convite do TSE] é mais uma comprovação, um indício do reconhecimento internacional da excelência do nosso modelo eleitoral”, destacou o assessor internacional, acrescentando que a visita reforça a imagem positiva do Brasil no exterior.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)