Últimas Notícias

Montes Claros – Falta de medicamento prejudica comunidades rurais de Montes Claros

Durante reunião ordinária realizada na manhã de terça-feira (28/10), a vereadora Graça Correa (PT), denunciou mais uma vez a falta de medicamentos nas comunidades da zona rural de Montes Claros. De acordo com a parlamentar, esse não é o único problema enfrentado pelos moradores. “Em Samambaia, o atendimento médico é realizado apenas duas vezes por mês. Além disso, o técnico de higiene bucal examina os pacientes ao mesmo tempo que realiza a limpeza do local”, afirma.

Montes Claros - Falta de medicamento prejudica comunidades rurais de Montes Claros
Montes Claros – Falta de medicamento prejudica comunidades rurais de Montes Claros

Outra questão ressaltada pela vereadora está relacionada a construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) da localidade. Segundo ela, cansados de esperar por uma atitude do Poder Executivo Municipal, os próprios moradores construiram a UBS. Salientou que a maca para fazer avaliação física e a mesa da recepção são frutos de doações. Já os bancos utilizados no local foram emprestados pela igreja católica. Um dos problemas mais graves denunciado por Graça, é quanto ao descarte do lixo hospitalar. Ela conta que o resíduo contaminado, que deveria ser coletado de forma especial, é queimado de forma irregular no próprio local de atendimento.

Além de Samambaia, a petista relatou ainda a situação da comunidade de Marcela, que não possui Unidade Básica de Saúde e no qual o atendimento é feito na Associação Comunitária, onde a estrutura não oferece condições. Sem contar que, de acordo com os moradores, o médico não vai até a região há mais de um mês. Segundo a parlamentar, aquela população também sofre com a falta de remédios, necessitando  deslocar-se até a comunidade de Miralta para conseguir o medicamento necessário.