Publicidade

Inicio » Internacional » Europa » Europa – Papa Francisco recebe transexual e sua noiva

Europa – Papa Francisco recebe transexual e sua noiva

Pela primeira vez, o papa Francisco recebeu no final de semana passado, em uma audiência, um transexual, que compareceu na companhia de sua noiva, após ter escrito ao pontífice para contar sobre a discriminação que sofreu em sua paróquia, noticiou nesta quarta-feira um jornal espanhol.

O transexual espanhol Diego Neria Lejárraga havia escrito ao papa em dezembro após ter se sentido rejeitado na paróquia de sua região, em Plasencia (oeste), segundo informou o diário espanhol Hoy.
O transexual espanhol Diego Neria Lejárraga havia escrito ao papa em dezembro após ter se sentido rejeitado na paróquia de sua região, em Plasencia (oeste), segundo informou o diário espanhol Hoy.

Esta audiência, que ocorreu fora do programa oficial, não foi nem confirmada, nem desmentida pelo Vaticano. “Não faremos nenhum tipo de comentário”, disse um porta-voz questionado pela AFP.

O transexual espanhol Diego Neria Lejárraga havia escrito ao papa em dezembro após ter se sentido rejeitado na paróquia de sua região, em Plasencia (oeste), segundo informou o diário espanhol Hoy.

Na entrevista, Lejárraga, 48 anos, também disse ter contado ao papa, em uma carta, como havia sido discriminado e que um sacerdote inclusive lhe disse que era uma “filha do diabo”.

Após receber a carta, o papa o respondeu com uma telefonema antes do Natal, após o qual Lejárraga foi recebido por Francisco algumas semanas depois.

O papa Francisco liga habitualmente para pessoas do mundo todo que o contatam para expressar seus pesares e dificuldades, e recebe algumas delas, apesar de sua agenda cheia.

Jorge Bergoglio nunca se referiu à condição dos transexuais. Contudo, expressou que não se pode julgar os homossexuais que buscam a Deus, apesar de manter a postura oficial da Igreja que prega a castidade e condena os atos homossexuais, ainda que não condene as pessoas.

Leia Também

Violência. Apenas neste ano, Minas Gerais registrou 187 casos de feminicídio, segundo a Polícia Civil

Ações de violência contra mulher superam as de crime de trânsito

* Por: Jornal Montes Claros - 24 de setembro de 2018. Há cerca de um …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *