Inicio » Minas Gerais » MG – Rodovias estaduais recebem 14 novos radares fixos no dia 23

MG – Rodovias estaduais recebem 14 novos radares fixos no dia 23

MG – Rodovias estaduais recebem 14 novos radares fixos no dia 23

A partir da próxima terça-feira (23/05/2017), outros 14 radares fixos entrarão em operação definitiva nas rodovias sob jurisdição do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG). Os equipamentos já estão ligados desde o dia 16 de maio, funcionando em modo educativo.

Na Região Metropolitana de Belo Horizonte são seis novos dispositivos, sendo dois em Ribeirão das Neves (LMG-806, quilômetros 8,3 e 8,6); um em Nova Lima (MG-030, quilômetro 22,3); um em Esmeraldas (MG-060, quilômetro 69,0); um em Pedro Leopoldo (MG-424, quilômetro 22,9) e um em Sabará (MGC-262, quilômetro 302,5).

Os demais equipamentos estão funcionando nos municípios de Montes Claros (LMG-653, quilômetro 23,2); Manhumirim (MG-111, quilômetros 106,9 e 107,0); Mato Verde (MGC-122, quilômetro 74,6); Porteirinha (MGC-122, quilômetro 121,8); Janaúba (MGC-122, quilômetro 162,3); Salinas (MG-404, quilômetro 17,9) e Alvinópolis (MG-123, quilômetro 40,2).

Os trechos onde os radares estão instalados foram sinalizados, indicando a velocidade máxima permitida. A partir do dia 23, serão autuados os veículos que excederem os limites estabelecidos, que variam entre 40 e 60 km/h.

O DEER/MG disponibiliza a relação completa com todos os equipamentos que estão em operação e as velocidades máximas permitidas no link www.der.mg.gov.br/saiba-sobre/radares-do-dermg

Radares Estáticos

Também já estão em operação sete equipamentos estáticos. Esse tipo de radar pode ser transportado e operado em locais, dias e horários aleatórios, ampliando as ações voltadas para o aumento da segurança viária em toda a malha rodoviária sob responsabilidade do DEER/MG.

O controle eletrônico de velocidade tem como principal objetivo garantir a segurança dos usuários que transitam pelas rodovias. Por isso o DEER/MG sempre orienta os motoristas a respeitarem os limites de velocidades, independentemente da presença dos radares.

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaços abaixo são destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail valido).