Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Inutilidades Publicas
Vovó não quer  deixar  de  safadeza

Firmina Teresa de Jesus, completou no ultimo dia 09 de janeiro  85 anos de vida, mas quem pensa que a vovó comemorou seu aniversário com suco diet ou mingau de aveia está redondamente enganado, a festa tinha homens fortes e seminus e grande quantidade de bebidas alcoólicas, sem contar  o  baseado que ela não abandona, tem mais, avisou que vai continuar trabalhando até os 95 anos. Sabe como? Fazendo “cabelo e barba” e gozando muito,  conforme ela gosta de dizer. A  profissão de dona Firmina ou “Vovó da lingua” como  é conhecida é  a mais antiga de todas. Estrela de documentário sobre prostituição na terceira idade, Firmina se Considera a prostituta mais velha do Brasil e uma das mais requisitadas dentro da cidade de Montes Claros que fica a 430 km de Belo Horizonte. Ela começou a fazer programas aos 12 anos em 1944.

— Eu era uma menina muito levada, baixinha de peitinho arrebitado e bundinha grande. Meus pais eram   rígidos envolvidos com religião e preocupados com a Segunda Guerra Mundial não nos deixava sair, tinha mais irmãos e irmãs, mas era só eu que protestava. Daí meu pai me mandou para Barbacena e fui internada como louca, pouco tempo depois conheci um enfermeiro que se engraçou por mim, ai eu disse, eu deixo você me comer se me ajudar sair. Ele aceitou e eu fugi para a casa dele, morei um meses  como sua esposa, um dia quando saiu para trabalhar fugi e fui de carona para Belo Horizonte, como não tinha dinheiro, usei a prexeca como moeda. Daí não parei mais e nem paro, kkkkk! amo sexo!”

Ela chegou a ter dez clientes por dia durante as Festas de Agosto de 2016, mas após uma viagem para atender clientes em Bocaiuva e Engenheiro Dollabela,  tivera  uma sentida perda na disputa para a Zona de Telminha em Nova Esperança.

— Vou recuperar meus clientes se Deus quiser! Aprendi umas coisas novas com uns DVDs que comprei das Brasileirinhas, aguardem. – Conclui Firmina sorridente e mostrando os pelos pubianos pintados de amarelo em homenagem a Rita Cadillac.

Riso da Hora

 

Fica assim, amanhã tem mais…

 

Hesiodo José
Hesiodo José

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *