Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Inutilidades Públicas

Foi recentemente revelado um relatório americano sobre Portugal, que se tinha mantido em segredo até à data. No  relatório Portugal é apontado como “O país que compra brinquedos caros e inúteis” por “orgulho”. Foi  divulgado por um conhecido jornal na sua versão online,

Sabia que o ministério da defesa está isento de concursos públicos? Livre para fazer as suas compras milionárias? Portugal pagou pouco mais de 15 milhões de dólares para a Nasa construir uma Nave Espacial que voe a velocidade do som, segundo o Ministro da Defesa, “Antes que os ETs nos peguem nós pegaremos eles!”. As compras mais escandalosas, menos transparente e mais megalómanas do estado, têm tido origem neste ministério. O caso dos submarinos, dos Pandur, dos torpedos, dos helicópteros, etc etc etc, a lista é interminável, muitos deles em investigação. Outros já provados na fonte estrangeira.

 

Mas o que ninguém deixa de se questionar se é serio ou se estão fazendo piada é supositório vibrador conhecido como “Tiguilim” adaptação do Dr Manoel Joaquim Terezo da Universidade das Oliveiras de Lisboa. O instrumento que é usado como medicamento via anal, mas que também vibra quando o paciente esta sendo medicado, segundo o seu criador é: “ É uma maravilha gajo,lembro-me de quando criancinha ao ficar doente tomava aqueles amargos remédios e as vezes cuspia, queria algo doce e saboroso. Eu já adulto vi minha vovozinha se internar no asilo e ficar parada na sua cadeirinha a bordar, e quando precisavas usar o supositório medicamental, se esperneava, as vezes eu precisava encher minha Vózinha de porradas para ela não ficar sem os remédios. Até que um dia eu fiz coloquei um motorzinho minúsculo no bicho para ser mais rápido e testei em mim, ao invés de só ajudar a adiantar a dose, ficastes vibrando e vibrando, fui ao delírio. Naquele dia testei umas vinte vezes, depois testei mais outros trinta. Testei na minha mãe e no meu pai, e em mim novamente. Testei na minha Vovozinha que ficastes tão feliz que se maquiou todinha após tomar o supositório, eu ainda não estava convencido se estava fazendo realmente aquele sucesso todo e testei em mim novamente.” Concluiu o Dr Joaquim com o seu revolucionário “Tiguilim”.

Riso da Hora

 

Fica assim, amanhã tem mais…

 

Hesiodo José
Hesiodo José

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *