Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Inutilidade Pública

A pastora Ludiana Elder, líder de uma  igreja Evangélica da  Cidade de Nova Porteirinha, organizou uma “balada gospel gay” na vésperas da Parada Gay de Capitão Enéas. Ludiana e seu  esposo, Rosalino  Rocha, organizaram o evento que reuniu casais homossexuais membros de irmandande, e outros convidados. O evento recebeu o nome de “Rebuliço Fashion” e atraiu não apenas gays evangélicos como também aqueles que não frequentam nenhuma religião e Católicos. O objetivo do evento, segundo ela  era evangelizar e mostrar que os homossexuais também são amados por Deus. “Ao invés de levar o público para a igreja, nós estamos indo  onde o público está”, disse ela. Durante o ato o Pastor Rosalino Rocha beijou seu amigo de pregação Fredin Gospel na boca. Segundo um Jornal da cidade de Montes Claros, cerca de cinco mil pessoas compareceram ao evento.

 

Bate Novamente

A policia Militar foi chamada para resolver uma contenda no Bairro Renascença (cidade de Montes Claros), em um bar conhecido da rua Minas Gerais um ex-gay como ele se intitula, que atende por alcunha de Anelito, estava sendo espancado pelo ex-namorado Marcelo Panelinha, de acordo com os policiais, o desentendimento se deu pelo fato do agressor esta se relacionando com um primo do Anelito que disse estar se curando, mas não pretendia vê-lo namorando com aquela pessoa. Momento em que o “Panelinha” passou a empurrá-lo para não se interferir, a cada empurrão ele repetia “Bate novamente se for homem” e levava outro empurrão “Bate novamente se for homem” até começar a levar tapas e socos. Entrevistado por Roberto Biloquê de a Casseta das Gerais, Anelito falou: “Eu lindona pagando de ex-mona e essa bicha namorando com aquele mondrongo! Mas não vai mesmo, se quiser pode me matar de tanto dar soco, mas eu não deixo!”

Riso da Hora

 

Fica assim, amanhã tem mais…

 

Hesiodo José
Hesiodo José

 


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeitosas e construtivas. O espaços abaixo são destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail valido).