Casa das Apostas Online Betway

PÓS-GRADUAÇÃO PUC MINAS

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Inicio » Política » Eleições 2018 » Eleições 2018 – Filho de João Goulart se lança pré-candidato

Eleições 2018 – Filho de João Goulart se lança pré-candidato

Eleições 2018 – Filho de João Goulart se lança pré-candidato

O filho do ex-presidente João Goulart, o ex-deputado João Vicente, apresentou sua pré-candidatura à Presidência da República pelo PPL, na segunda-feira (5), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Com um discurso de defesa do patrimônio nacional e crescimento do mercado interno para impulsionar a economia, ele disse que o Brasil passa por um período de retrocesso muito parecido com o golpe que tirou seu pai do poder, em 1964.

João Vicente discursou na ALMG pela defesa do patrimônio nacional
João Vicente discursou na ALMG pela defesa do patrimônio nacional

 

Para João Vicente, o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) foi um golpe movido pelos mesmos interesses que instituíram o golpe militar. “Foi um golpe de Estado em que os atores foram muito parecidos. Eles se transportaram de 1964 para 2016. Em 1964, nós tínhamos um Congresso que foi alvo de uma CPI, um Congresso que elegeu 172 deputados financiados com recursos dos Estados Unidos. Hoje, temos um governo sustentado por deputados que se perderem o mandato serão presos. A Fiesp apoiou a marcha da Família em 1963 e as manifestações a favor de impeachment que serve ao entreguismo da economia brasileira ao capital internacional”, afirmou.

Apesar disso, João Vicente faz críticas ao PT, dizendo que durante todo o governo do partido não foi criado nenhum novo direito trabalhista e que a sigla perdeu a oportunidade de mudar o jogo político. “O PT teve a chance de mostrar à população que era pressionado por políticos corruptos para manter a governabilidade. Porém, o partido preferiu jogar o jogo e se aliar a esses políticos”, disse.

Para o filho de João Goulart, Lula, como principal líder da oposição ao presidente Michel Temer (MDB), deveria liderar uma aliança com todos os partidos em prol de uma única candidatura, que não necessariamente seja a do petista.

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *