Inicio » Montes Claros » Emater sugere continuidade do Estado de Emergência em Montes Claros

Emater sugere continuidade do Estado de Emergência em Montes Claros

Emater sugere continuidade do Estado de Emergência em Montes Claros

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) divulgou, este mês, relatório agroclimatológico do município de Montes Claros relativo aos impactos da estiagem prolongada na zona rural e suas consequências econômicas e ambientais.

Emater sugere continuidade do Estado de Emergência em Montes Claros
Emater sugere continuidade do Estado de Emergência em Montes Claros

 

O objetivo da Emater é repassar informações decisivas para a decretação ou continuidade de Estado de Emergência em Montes Claros. Ao documento, encaminhado à Defesa Civil da Prefeitura, foram incluídas planilhas e sugestões para elaboração de plano de ações de combate aos efeitos da seca.

As causas apontadas pela Emater são baixa pluviosidade e má distribuição das chuvas, além de fatores como altas temperaturas e déficit no balanço hídrico. Os dados do relatório foram coletados no veranico de dezembro de 2017 a janeiro de 2018.

Vale registrar que outro agravante é o fato de que, no ano agrícola, de 1 de julho de 2017 a 30 de junho de 2018, foram registrados 803,2 milímetros por metro quadrados, bem abaixo da média histórica, 1.077 milímetros.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *