Vaga no Bolso

Inicio » Minas Gerais » MPMG cria gabinete de crise durante a greve dos caminhoneiros

MPMG cria gabinete de crise durante a greve dos caminhoneiros

MPMG cria gabinete de crise durante a greve dos caminhoneiros

Diante do desabastecimento de combustíveis, alimentos e até medicamentos em diversas cidades mineiras por causa da greve dos caminhoneiros, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) criou um gabinete de crise que vai monitorar a situação dos municípios e coordenar as possíveis medidas em caráter de urgência do órgão. O objetivo, segundo o MPMG, é defender os interesses da sociedade.

Atividades serão mantidas nas unidades do MPMG em todo o Estado de Minas Gerais
Atividades serão mantidas nas unidades do MPMG em todo o Estado de Minas Gerais

 

A medida foi tomada nesse domingo (29) pelo procurador-geral da Justiça do MPMG, Antônio Sérgio Tonet, em reunião com integrantes da administração superior do órgão.

Além da criação de um gabinete de crise, foi definido no encontro que as atividades serão mantidas nas unidades do MPMG em todo o Estado. O término do expediente será às 17h.

“Tendo em vista a natureza essencial e permanente do MPMG na defesa dos interesses da sociedade, a necessidade de providências urgentes por parte da instituição e a decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais de manter o funcionamento dos órgãos do Poder Judiciário, serão mantidas as atividades das unidades e órgãos do MPMG em todo o estado, antecipando-se, excepcionalmente, o término do expediente para as 17h”, informa o órgão, em comunicado.

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não ás pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *