Últimas Notícias

12% das mortes por câncer de mama envolve falta de atividade física, diz pesquisa

12% das mortes por câncer de mama envolve falta de atividade física, diz pesquisa

A atividade física ajuda na prevenção de diversos problemas, como a diabetes, a hipertensão, a obesidade e tantos outros. Uma pesquisa, divulgada nesta sexta-feira (19), revelou que em média 12% das mulheres vítimas de câncer de mama, ou seja uma em cada dez, falece por causa do sedentarismo.

12% das mortes por câncer de mama envolve falta de atividade física, diz pesquisa
12% das mortes por câncer de mama envolve falta de atividade física, diz pesquisa

 

 

O estudo divulgado na Revista Nature, contou com a colaboração do Ministério da Saúde. Segundo o trabalho, no ano de 2015, mais de duas mil mortes poderiam ser evitadas se as pacientes fizessem ao menos uma caminhada, de 30 minutos por dia, cinco vezes por semana, como recomenda a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A OMS aconselha 150 minutos por semana de atividade física moderada ou 75 minutos de exercícios intensos. O médico oncologista Márcio Almeida,  explica que a atividade física é uma importante aliada não apenas para prevenir a incidência de diversos cânceres, mas também para melhorar a qualidade de vida durante e depois do tratamento dos tumores. “O exercício físico é uma das poucas coisas que podemos afirmar com segurança que diminui a reincidência de câncer. Além disso, durante o tratamento, se o paciente for liberado pelo médico, os exercícios podem melhorar a disposição, o apetite, bem estar e aumentar a força muscular, que é comprometida durante a quimioterapia”, destaca.

Para o preparador físico Talles Sucesso, não existe um tipo de exercício específico para pacientes em tratamento ou pós tratamento de câncer. “O ideal é se preocupar com a regularidade das atividades que devem ser aplicadas de forma gradual. Manter os exercícios é fundamental”, afirma o personal.